Depois de vários tweets nos quais Kanye West se dizia refém da família Kardashian — nomeadamente da mulher que o queria prender ou de quem estava a tentar divorciar-se há dois anos — Kim Kardashian quebrou o silêncio e deixou uma longa mensagem no seu Instagram.

A mulher por detrás da marca SKIMS não abordou diretamente os tweets do marido, mas explicou que é “complicado e doloroso de compreender” alguém com bipolaridade, doença que foi diagnosticada ao artista.

“Como muitos de vocês sabem, o Kanye tem um distúrbio bipolar. Qualquer um que sofra do mesmo mal ou que tenha algum ente querido com o mesmo problema sabe que é complicado e doloroso de compreender”, começou por escrever num Storie. “Nunca tinha falado publicamente sobre a forma como isto nos afeta em casa porque sou muito defensora da privacidade dos nossos filhos e da do Kanye quando toca à sua saúde. Quem conhece doenças mentais ou mesmo comportamentos compulsivos sabe que a família é impotente, a não ser que a pessoa em questão seja menor”.

Kim explicou ainda que é preciso que seja a própria pessoa a pedir ajuda, por muito que os amigos e familiares tentem ajudar. “Percebo que o Kanye seja alvo de críticas por ser uma figura pública e por certas ações desencadearem opiniões e emoções fortes. Ele é uma pessoa brilhante mas complicada que, no pico da pressão de ser um artista e um homem negro, que passou pela perda dolorosa da mãe, tem de lidar com o isolamento a que é votado por sofrer de um distúrbio bipolar”.

Kanye West mostra-se novamente frágil no Twitter e acusa Kim Kardashian de o querer internar
Kanye West mostra-se novamente frágil no Twitter e acusa Kim Kardashian de o querer internar
Ver artigo

“Mesmo quem lhe é próximo, quem lhe conhece o coração e lhe compreende as palavras nem sempre está de acordo com ele. Viver com um distúrbio bipolar não diminui nem invalida os seus sonhos ou a sua criatividade, não importa o quão grande ou inatingíveis possam parecer para alguns. Fazem parte da sua genialidade e, como todos nós já testemunhámos, muitos dos seus grandes sonhos já se tornaram realidade”, continuou.

A empresária concluiu o comunicado com um alerta. “Como sociedade, falamos em dedicar mais tempo ao tema da saúde mental num todo, embora devêssemos também fazê-lo nos momentos em que pessoas que lidam com esse problema mais precisam de nós. Pergunto se a comunicação social ou o público nos concederam essa compaixão e empatia tão necessárias para ultrapassar este momento. Obrigado aos que demonstraram preocupação pelo bem-estar do Kanye e pela vossa compreensão”, rematou.

Pouco depois destas palavras terem sido partilhadas, a imprensa estrangeira falou na possibilidade de Kim Kardashian estar prestes a pedir o divórcio a Kanye West. Isto porque foi divulgado que a empresária se teria reunido com os seus advogados para se aconselhar. Apesar disso, ainda não houve confirmação oficial por parte de nenhuma das partes.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.