Kim Kardashian e Ye, o artista anteriormente conhecido como Kanye West, divorciaram-se em fevereiro de 2021 e, desde então, pouco se sabe do estado em que a relação do casal ficou. No entanto, estima-se que já teve melhores dias. Isto porque parece que o rapper andou a mostrar aos seus colaboradores fotos privadas, de cunho mais sexy, da ex-mulher, avança o "Daily Mail".

A estrela dos reality shows ficou "enojada" com este gesto do ex-marido perante a equipa que trabalhava para si na Adidas, revela uma fonte ao "Us Weekly". "Ela sente-se violada e horrorizada”, continua, acrescentando que Kim já está a investigar as alegações e a confirmar os contornos da situação.

Isto aconteceu poucos dias depois de a "Rolling Stone" ter publicado uma carta em que os funcionários da Adidas reclamavam dos comportamentos do artista. Entre muitas coisas, na carta constavam acusações de maus-tratos e da perpetuação de um ambiente de trabalho hostil na Yeezy, a colaboração que Ye teve com a marca de desporto. E foi aí que se ficou a saber que, alegadamente, o cantor terá andando a mostrar fotos picantes de Kim Kardashian.

A cara de Kanye West estampada e outros 9 looks bizarros dos MTV Europe Music Awards. Espreite as fotos
A cara de Kanye West estampada e outros 9 looks bizarros dos MTV Europe Music Awards. Espreite as fotos
Ver artigo

Kim Kardashian ainda não se pronunciou sobre o assunto, depois de as alegações terem vindo a público. Contudo, segundo a mesma fonte, a norte-americana está a tentar chegar ao cerne da questão, antes de tomar uma atitude. "[Ela] quer saber quais foram as fotos que os ex-funcionários viram para ter mais detalhes", acrescentou a fonte, citada pelo "Daily Mail".

West e Kardashian estiveram casados durante seis anos, até que, em 2021, anunciaram sua separação. O casal tem quatro filhos: North, 9, Saint, 6, Chicago, 4 e Psalm, 3. Depois da separação do casal, muita coisa na vida de Ye mudou, inclusivamente o facto de várias marcas como a Adidas terem cortado relações consigo, fruto de comentários antissemitas que fez nas redes sociais.

Sem a Adidas, o artista perdeu o estatuto de multimilionário, que adquiriu em 2020, aquando da sua entrada para a lista da "Forbes". Se no início deste ano a sua fortuna era estimada em 2 mil milhões de dólares, agora o cantor vale apenas 400 milhões de dólares (ou seja, pouco mais de 399 milhões de euros). Este valor é oriundo de alguns imóveis, do seu repertório musical e do facto de deter 5% da Skims, uma das empresas de Kim Kardashian.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.