Liliana Campos tem 51 anos, mas é desde os 18 que sofre com uma doença crónica. Chama-se doença venosa crónica e consiste no mau funcionamento do sistema venoso, podendo levar à sua obstrução. No caso da apresentadora, já implicou um total de sete operações.

Falámos com a apresentadora do programa "Passadeira Vermelha" durante o festival de verão NOS Alive, que decorreu nos dias 6, 7, 8 e 9 de julho, no Passeio Marítimo de Algés. "Aprendi a lidar com a doença. Não é a coisa mais agradável do mundo, principalmente em dias como hoje", disse-nos, referindo-se ao calor extremo que se fazia sentir.

Catarina Furtado delira com concerto dos Da Weasel. "Fiz questão de estar no meio do público"
Catarina Furtado delira com concerto dos Da Weasel. "Fiz questão de estar no meio do público"
Ver artigo

Esse, pelos vistos, "é o pior inimigo de quem tem esta doença" que implica tratamentos. Liliana Campos já foi operada três vezes à perna esquerda e outras quatro à direita. "Já não tenho veias principais. A circulação escolhe as veias secundárias, que, por sua vez, entopem", explicou à MAGG.

Quanto às dores, "há dias que são bem piores do que os outros". De acordo com a experiência de Liliana, "é uma dor que começa a ser tão desagradável que se deixa de ter posição". A apresentadora da SIC estabelece uma comparação aos flamingos, que se apoiam numa perna de cada vez.

Mesmo já tendo sido operada tantas vezes, continua a não estar livre de voltar à faca, que é "o pior cenário", já que "a recuperação é muito dolorosa". Esta doença comum pode passar despercebida. "Saltam as varizes para fora. É prevenir, dentro dos meios que me são dados", alerta Liliana.

"Há que começar a combater o mais cedo possível", avisou, esclarecendo que medidas podem ser tomadas. "Ter muito cuidado com o álcool, não fumar. Fumar é terrível", começou por afirmar. "Ter cuidado com certos alimentos que não são bons para a circulação, como o sal e o açúcar", continuou.

Este último é a "desgraça" de Liliana Campos, segundo nos contou. "Consegues prevenir, não quer dizer que consigas evitar", esclareceu. "É aprender a conviver".

A apresentadora já passou por programas como "Fama Show", "Portugal em Festa" e "Alô Portugal".

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.