A um mês de Portugal voltar a ir às urnas, os líderes do PS e do PSD sentam-se na cadeira do "Alta Definição" para um frente a frente intimista com Daniel Oliveira. Luís Montenegro, líder da Aliança Democrática (coligação candidata às legislativas que junta PSD, CDS-PP e PPM) foi o primeiro entrevistado do formato da SIC.

Pedro Nuno Santos e Luís Montenegro vão ao "Alta Definição" antes do arranque da campanha eleitoral
Pedro Nuno Santos e Luís Montenegro vão ao "Alta Definição" antes do arranque da campanha eleitoral
Ver artigo

O peso que a carreira política teve na dinâmica familiar, em particular na mulher e nos dois filhos, a infância em Espinho e os ensinamentos dos pais foram alguns dos temas abordados na entrevista. Luís Montenegro falou ainda abertamente sobre as mortes precoces do pai e do irmão, e da forma como estas marcaram a sua vida.

"Já perdi o meu pai, que morreu muito cedo, com 66 anos. Já perdi o meu irmão mais novo, que morreu ainda mais cedo, com 45, e eles conviveram com um e com outro", explicou, referindo-se ao facto de os filhos ainda terem conhecido o avô e o tio. "Eu confesso que não falamos muito disso, mais por minha responsabilidade. Gosto de viver isso comigo, sou um bocadinho solitário na partilha desses sentimentos, são sentimentos muito fortes de perda", confessou o social-democrata.

Luís Montenegro recordou o momento da morte do irmão, que era também padrinho do filho mais novo. "Ele estava na quinta que temos no Douro e teve um ataque súbito, cuja intervenção para recuperação demorou um bocadinho, não por um falhanço do sistema de socorro mas porque a quinta é isolada e a acessibilidade não é fácil", explicou.

Comedido na expressão da dor, o líder do PSD confessou, no entanto, que os filhos sabem o impacto que essas perdas tiveram em si. "Eles sabem que eu sinto muito profundamente essas perdas e que algumas alturas do ano... eu gosto de estar com eles, de recordar os tempos em que vivemos", explica Luís Montenegro, acrescentando: "é um vazio... falta-nos qualquer coisa. A nossa individualidade não está completa, não está preenchida. Eu gostava muito que o meu pai estivesse aqui ao lado e gostava que o meu irmão não tivesse tido a fatalidade que teve", admitiu.

Luís Montenegro é casado com Carla Montenegro, com quem tem dois filhos.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.