Mariama Barbosa morreu esta sexta-feira, 29 de julho, aos 47 anos. A comentadora do programa da SIC "Passadeira Vermelha" a lutava contra um tumor maligno que lhe foi diagnosticado no estômago no início de 2022. Deixa assim um filho, José Maria, com 11 anos.

Diana Chaves revelou a notícia no final do programa "Casa Feliz" desta sexta-feira. "Infelizmente, vamos ter de informar que, com muita tristeza e uma profunda empatia e pesar com a família. É muito difícil mas temos que dizer que a Mariama Barbosa nos deixou hoje".

Mariama estava a fazer tratamentos no IPO de Lisboa e morreu em casa, avança a "Flash". Recentemente a apresentadora tinha partilhado com os seguidores mais uma fase da doença, o corte total do cabelo.

Numas das últimas publicações de Instagram, Mariama Barbosa mostrava-se forte na luta contra o cancro, tudo graças ao amor de quem tinha a seu lado. "Pois é só o Amor que interessa e mais não digo...", escreveu.

A apresentadora nasceu na Guiné-Bissau em 1974 e vivia em Portugal desde os 5 anos. Foi por cá que afirmou a sua carreira, tendo passado por várias áreas. Trabalhou em bares (Três Pastorinhos e Lux Frágil), passou para o mundo da moda, tendo sido assistente do estilista Dino Alves e, também, aderecista da ModaLisboa, e só depois entrou no mundo da televisão, que coordenava com o trabalho na agência Showpress.

Passou pelo "Passadeira Vermelha", da SIC, programa no qual foi comentadora, e nos últimos anos apresentava o programa "Tesouras e Tesouros", na SIC Caras, no qual ficou célebre a expressão “pow, pow, pow”.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.