Na próxima sexta-feira, 14 de agosto, Meghan Markle vai ser oradora num evento online da The 19th, uma organização sem fins lucrativos que tem como missão empoderar as mulheres. A duquesa de Sussex vai conversar com diferentes personalidades a propósito da representatividade das mulheres nos meios de comunicação social.

A grande surpresa é que Meghan Markle vai ter o papel de entrevistadora e vai começar por falar com a fundadora e CEO daquela organização, Emily Ramshaw, sobre a criação de redações de jornais e revistas focadas na igualdade de género e na diversidade. Neste evento virtual também participam outras mulheres que estão presentes no ativismo e na luta pelos direitos das mulheres, bem como Meryl Streep, Zoe Saldaña, Melinda Gates ou Hillary Clinton.

Meghan Markle completa 39 anos. Veja os 39 melhores looks da duquesa
Meghan Markle completa 39 anos. Veja os 39 melhores looks da duquesa
Ver artigo

Este é mais um passo de Meghan para dar visibilidade aos temas que lhe interessam e lutar por aquilo em que acredita, após se ter desvinculado, juntamente com Harry, da casa real britânica. Agora, os duques de Sussex podem pronunciar-se sobre qualquer tema, ainda que se trate de assuntos que dividam a sociedade, algo que não podiam fazer quando pertenciam à família real.

Assim, também Harry se tem mostrado precursor de causas e movimentos. O príncipe acabou de escrever um artigo para a revista "Fast Company", no qual dá conta dos direitos civis, justiça racial e responsabilidade das empresas na saúde coletiva da sociedade. “O que significa isto para os nossos filhos? Como pai, isto preocupa-me especialmente”, reflexiona Harry, dando a entender que o nascimento de Archie o fez preocupar-se ainda mais com questões sociais.

Agora, os duques de Sussex vão mostrando, pouco a pouco, a sua nova vida nos Estados Unidos e que a saída da casa real britânica foi uma decisão acertada para conseguirem ser ativos na luta dos direitos humanos e poderem, ainda, dedicar-se a Archie, de 1 ano.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.