Em 2013, quando Adam Levine, vocalista dos Maroon 5, era destacado pela revista "People" como homem mais sexy vivo, o jovem Michael B. Jordan ficava na lista daqueles em quem era preciso estar de olho. Com razão. É que em 2020, o prémio é dele.

"É um sentimento fixe", disse o ator de 33 anos à revista americana. "Toda a gente fazia a piada: 'Mike, esta é a única coisa que provavelmente nunca vais ganhar. Mas é um bom clube de se fazer parte."

michael b jordan
créditos: People

É famoso pela interpretação de vários papéis, começando com Wallace, quando ainda era uma criança, na série "The Wire". Já crescido, destacou-se em "Fruitvale Station" e ainda como Adonis, nos filmes "Creed", em que interpreta o filho de Apollo Creed, o grande rival do pugilista mais famoso da história: Rocky, claro. Vai ser protagonista em "Without Remorse", do realizador Tom Clancy, filme em que vai interpretar um antigo SEAL que se transforma numa operacional da CIA.

Voltando atrás. Cresceu em Newark, New Jersey, com os pais e irmãos, a quem atribui toda a sua força e sucesso. Além do trabalho no mundo do cinema, tem sido uma voz ativa no movimento Black Lives Matter. "Acho que há tempo e espaço para tudo", diz. "Tenho escolhido os meus momentos para ter mais impacto. Podemos agir — de forma grande ou pequena — para ajudar a criar a mudança que queremos ver."

Desejos para o futuro? "Realizar um bocadinho mais, interpretar menos e produzir muito mais."

Agora, uma questão: lembra-se de quem foram os outros dez a ganhar o estatuto de "Sexiest Man Alive", pela "People"? Nós ajudamos — basta percorrer a fotogaleria.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.