O modelo Tiago Danu foi morto este domingo, 27 de novembro, em Setúbal, aos 20 anos. Estava num convívio com amigos quando um grupo rival apareceu e partiu logo para a violência. Ao tentar ajudar um amigo, Tiago foi esfaqueado múltiplas vezes, não tendo resistido aos ferimentos.

Tiago e os amigos estavam numa zona onde habitualmente se juntavam, no Monte Belo Norte, nas traseiras do quartel dos Bombeiros Sapadores e da Mediamarket, em Setúbal, assim como dá conta "O Setubalense". Tudo estava pacífico até aparecer uma viatura com um grupo rival.

Póvoa de Varzim. Militar morreu a tentar salvar as colegas e foi levada pela corrente
Póvoa de Varzim. Militar morreu a tentar salvar as colegas e foi levada pela corrente
Ver artigo

Esse grupo rival começou a tentar levar um dos jovens do grupo de Tiago para dentro da viatura, e o modelo fez esforços para o impedir, tendo sido esfaqueado várias vezes e deixado no chão. Os suspeitos conseguiram levar o amigo de Tiago e o jovem modelo foi assistido por socorristas do INEM, que o transportaram para o Hospital de Setúbal.

Apesar de a morte não ter sido imediata, Tiago Danu não resistiu aos ferimentos. A Polícia Judiciária de Setúbal encontra-se a investigar o caso e a tentar localizar e deter os suspeitos do crime, avança o "Correio da Manhã". O jovem levado pelo grupo rival (cujo número de elementos que o compunham se mantém desconhecido) já foi encontrado e está bem de saúde.

Esse mesmo jovem, amigo de Tiago, já identificou os agressores. Ainda não se sabe o que motivou este conflito que culminou na morte do modelo, agenciado pela Karacter Agency. Danu estava a tirar o curso de energias renováveis num centro de formação em Lisboa e trabalhava numa empresa de trabalho temporário que presta serviço à Autoeuropa, informa o jornal de Setúbal.

Durante a carreira de modelo, chegou a desfilar na ModaLisboa e no Portugal Fashion. Vivia em Setúbal com os pais, naturais da Moldávia, e havia estudado na Escola Secundária D. João II. A mãe deste jovem já terá feito uma publicação nas redes sociais onde afirma ter o coração partido e onde lamenta a morte do filho, segundo o "Correio da Manhã".

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.