Os chocolates que comíamos a fingir que eram comprimidos ou que encontrávamos nos sacos de aniversário junto de gomas e chupas estão agora diferentes. Nada mudou no sabor ou tamanho dos Smarties (continuam bem pequeninos), apenas no formato das embalagens. Agora, são feitas com papel reciclável, tornando a marca de chocolates da Nestlé a primeira numa escala global a mudar para este tipo de embalagens.

A iniciativa é um sinal de que os tempos mudaram e de que é possível dar alguns passos que fazem a diferença no que diz respeito à sustentabilidade do planeta. Só a conversão das embalagens dos chocolates Smarties vai fazer com que 250 milhões de embalagens de plástico sejam poupadas e não acabem no lixo, na melhor das hipóteses, todos os anos em todo o mundo.

O paraíso da manteiga de amendoim chegou a Portugal. Chocolates Reese’s já estão à venda
O paraíso da manteiga de amendoim chegou a Portugal. Chocolates Reese’s já estão à venda
Ver artigo

Para que não haja margem de erro, nas novas embalagens de papel reciclável é indicado como fazer o descarte corretamente, no ecoponto azul, e todo o processo é facilitado pelo facto de não ter de separar materiais — até as etiquetas são de papel.

O novo formato aplica-se a 90% da oferta da marca, desde os Smarties mini (cuja caixa chegámos a comer de uma só vez) até à nova edição limitada Smarties smart seas.

Depois de a novidade ter sido anunciada em janeiro, finalmente as embalagens recicladas já estão disponíveis em Portugal.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.