Inverno rima com cozido à portuguesa. E se não tem paciência para cozinhar esta iguaria da comida tradicional portuguesa ou não lhe faz sentido para apenas duas ou três pessoas (até porque este é prato para ser comido numa mesa cheia, coisa que devemos evitar por estes dias), temos a solução: porque não encomendar?

Temos a certeza que já está a pensar que o cozido não é um prato dado ao delivery, com tantos ingredientes diferentes, e que o mais provável é que lhe chegue frio a casa. Mas para garantir toda a qualidade dos produtos e segurança nos tempos que correm, o Páteo Velho at home apostou num modo de entregas um pouco diferente.

Um restaurante para comer em casa. O brunch com banana bread do Figo de Pita, Olhão
Um restaurante para comer em casa. O brunch com banana bread do Figo de Pita, Olhão
Ver artigo

O restaurante disponibilizou cozido à portuguesa durante todo o inverno, sempre no último fim de semana de cada mês e, se fizer as contas percebe que esta semana tem a última oportunidade de fazer a encomenda. O prato chega-lhe no sábado, embalado em vácuo e pronto a aquecer — com direito a manual de instruções para não errar nenhum passo. Em fevereiro, o menu do cozido (legumes, carnes e enchidos) também inclui entradas, como uma seleção de canapés do chef e um vol-au-vent de camarão, bem como sobremesa, um cheesecake de maracujá.

Para se deliciar com esta iguaria, deve encomendar o seu cozido à portuguesa até quinta-feira, 25 de fevereiro, para o e-mail comercial@pateovelho.com.pt com indicação de morada e contacto, e este chega-lhe a casa no sábado, 27, entre as 10h e as 19h. No domingo, é só aquecer tudo e deliciar-se como se estivesse no restaurante.

cozido vacuo
O menu do cozido chega-lhe em vácuo e pronto a aquecer.

Existem menus para duas e quatro pessoas, com um custo de 45€ e 75€, respetivamente, e ambos incluem bebidas (uma garrafa de vinho tinto Quinta do Monte D'Oiro no menu de duas pessoas; duas garrafas, tinto e branco, no menu de quatro).

As entregas são gratuitas nos concelhos de Lisboa, Cascais, Oeiras, Amadora, Odivelas, Loures, Vila Franca de Xira, Arruda dos Vinhos, Sobral de Monte Agraço, Alenquer e Torres Vedras. Pode obter mais informações através dos números 936 330 173/926 652 594.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.