O Mano a Mano fica na Rua do Alecrim, em Lisboa, e apresenta-lhe agora mais uma série de novas razões para visitar a baixa lisboeta. O restaurante italiano tem novidades na carta de inverno que prometem aquecer a barriga dos visitantes.

Desta feita, o chef Giovanni Pellegrino optou por criar pratos tradicionais com ingredientes sazonais italianos e as novidades começam logo nas entradas. Para petiscar tem agora a baccalá mantecato (13,50€), uma combinação de bacalhau, abóbora, guanciale e azeitona em pó, e a crocchette di patate (7,50€), com batata, speck e queijo provola. A polenta arrosto (8€) é a última nova proposta para o começo da refeição, e combina polenta (alimento típico da culinária italiana) com salsicha siciliana e queijo provola, desta vez fumado.

Vem aí o Dia Mundial do Queijo e há um bem português que vai estar em destaque em 20 restaurantes
Vem aí o Dia Mundial do Queijo e há um bem português que vai estar em destaque em 20 restaurantes
Ver artigo

E o que é que grita mais conforto do que uma sopa cremosa? Para se aquecer nos dias gelados que se avizinham pode optar pelo vellutata di zucca (5€), um creme de abóbora, pistachio e queijo parmesão.

Nos pratos principais, pode agora optar pelo paccherri ripieni (16€), uma pasta com mascarpone de pistachio e guanciale e pelos ravioli ricotta e spinachi alla pizzaiola (14€), ravioli de ricota e espinafres e molho de tomate.

Mas também há opções para os loucos por carne, como o brasato al vino (16€), carne de vaca estufada em vinho durante 24 horas e cozinhada em forno de lenha, acompanhada por risoto de açafrão. Outra das opções é a salsiccia com le verze (15€), a clássica salsicha siciliana com couve-lombarda.

Como não podia deixar de ser num restaurante italiano, há mais uma novidade de pizza na carta. É a campagnola (12€) que liga a mozzarella fresca, a cebola e os pimentos ao sabor da salsicha siciliana.

Delicie-se com as fotos das novidades

Morada: Rua do Alecrim, 22, Lisboa
Contacto: 914 054 273
Horário: 12h30 às 23h00

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.