Já todos o conhecemos como promotor da saúde e defensor de uma alimentação saudável. Trabalhou junto de escolas para pôr os miúdos a comer bem, lançou um livro de receitas e é frequente vê-lo em programas de televisão a explicar que é mesmo possível comer bem sem receitas complicadas.

Mas, até aqui, nunca tinha circunscrito este trabalho a um espaço seu. Com a abertura do Mediterra, tudo vai ser diferente.

Morada: Taguspark, Núcleo Central, 100 2740-122 Oeiras
Horário: 12h-16h - 17h-20h. Fecha sábado e domingo

"Neste espaço, queremos desafiar os clientes a imergir numa viagem de sabores que se querem reais e queremos mostrar a comida de verdade e sem adereços, que enaltece e respeita o alimento".

O novo restaurante fica no Núcleo Central do Tagus Park e conta, principalmente, com as empresas com sede naquela zona. É por isso que está aberto apenas de segunda a sexta-feira e no horário de almoço privilegia os menus mais económicos: Menu Alternativo, que inclui prato, bebida e café (12€) e o Menu Executivo, que inclui couvert, entrada, prato principal e sobremesa (18,50€).

Nuno Queiroz Ribeiro

À semana, ao final do dia, haverá ainda uma happy hourentre as 17h e as 20h, com disponibilização de pratos da carta no bar, vinho a copo ou acesso a três cervejas artesanais de pressão: Stella Artois, Leffe e Hoegarden.

Aos jantares e fins-de-semana, o Mediterra está disponível para qualquer evento através de reserva, sendo o local ideal para eventos empresariais, festas de aniversário, apresentações de marcas ou team buildings. O novo espaço conta ainda com uma cozinha equipada para workshops saudáveis de gastronomia dados pelo chef ou por marcas parceiras.

Do menu fazem parte pratos de peixe e carne, mas são muitas as opções vegetarianas. É o caso do Falafel de grão e favas assados no forno (10,50€), o risoto de vegetais (biológicos (11,50€) ou o hambúrguer de feijão preto e arroz integral (12,50€).

As saladas não são nada aborrecidas, com opções como Tabouleh, com bulgur, salsa, hortelã, cebola e muitos temperos (12€) ou a de frango com alcaparras e molho cipriani feito com iogurte grego (13,50€).

Nos peixes, há pratos de polvo, bacalhau e uma sopa rica de peixe selvagem da nossa costa (12€).

De Levant. Neste novo restaurante do Médio Oriente, os grelhados são reis
De Levant. Neste novo restaurante do Médio Oriente, os grelhados são reis
Ver artigo

As carnes são de origem DOP, como é o caso do bife de vitela, criada ao livre (16€). Há ainda esparguete com peru e feta (13,50€) e peito de frango grelhado (13€).

As sobremesas fogem ao básico e também às farinhas e aos açúcares refinados. Há um bolo de chocolate negro com pimenta rosa feito sem farinha (4€) uma pannacotta vegan com sésamo e tâmaras (4,50€) e também um cheesecake vegan de amêndoa, limão e abacate (6€).

Para juntar a tudo isto, um espaço amplo — ótimo para os tempos que vivemos e que pedem sempre mais espaço — além de uma esplanada com vista panorâmica sobre Lisboa. Vá, assim o TagusPark nem parece muito longe.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.