O Porto dispensa apresentações, mas temos de falar deste boutique hotel. Situado a escassos metros a pé da Avenida dos Aliados, e numa das zonas mais cool da cidade, onde abundam bares e restaurantes, o Wine&Books Hotels Porto tem tudo o que se pode pedir num cinco estrelas citadino: decoração contemporânea, um bar com cocktails maravilhosos, comida deliciosa, spa, ginásio, piscina interior de tamanho generoso, quartos luxuosos e confortáveis, e os roupões mais instagramáveis que já encontrámos. #tripeiro.

Os roupões do Wine & Books Hotels Porto
Os roupões do Wine & Books Hotels Porto

Se é um ótimo hotel para descansar numa viagem de trabalho, é ainda melhor para uma escapadinha a dois, sobretudo se quiser aproveitar ao máximo a Invicta sem ter de pegar no carro.

A MAGG ficou instalada num quarto tipologia deluxe balcony, o que quer dizer que ficámos no penúltimo andar do hotel, com direito a varanda e uma vista de 180º para o Porto (Torre dos Clérigos incluída). E como se a decoração amorosa, com papel de parede com cãezinhos e candeeiros em forma de patudos não fosse suficiente, a maior surpresa estava precisamente na casa de banho: chuveiro duplo, idealmente para aquele duche a dois, e com vista para a cidade.

Chuveiro com vista para o Porto
Chuveiro com vista para o Porto créditos: MAGG

Comer, passear, relaxar e voltar a comer (francesinha fancy e cocktails incluídos)

No primeiro pequeno-almoço, pedimos a breakfast sandwich, mas ficámos com muita inveja dos ovos Benedict que os nossos vizinhos estavam a comer. Por isso, na segunda manhã, lá vieram eles. A breakfast sandwich, com o tamanho certo e os ovos mexidos no ponto, deu-nos o sustento necessário para uma manhã de passeio pela cidade. Adorámos o facto de os ovos serem servidos numa conchinha de massa folhada, leve e delicada, e sem demasiado molho.

Breakfast sandwich
Breakfast sandwich créditos: MAGG

Relativamente ao buffet, achámos a oferta de opções mais saudáveis um pouco escassa. Faltava, pelo menos, queijo fresco, requeijão e bebidas vegetais, e talvez menos opções de pastelaria. Elogiamos, no entanto, a diversidade de fruta, tanto cortada como inteira. Nota máxima para os sumos naturais, em especial para o de laranja, que era mesmo de laranjas verdadeiras e não aquela versão engarrafada que disfarça, mas não muito.

Até ao final do verão, o Wine & Books Lisboa vai ter sunsets com música ao vivo e cocktails
Até ao final do verão, o Wine & Books Lisboa vai ter sunsets com música ao vivo e cocktails
Ver artigo

E, mais uma vez, voltámos a dar de caras com a nossa embirração predilecta: máquinas automáticas, a rugir na sala de refeições, enquanto os hóspedes tiram cafés e meias de leite. Num hotel de cinco estrelas, ainda para mais quando existe serviço à carta e é possível pedir cafés e bebidas quentes, não faz qualquer sentido.

Depois de um dia de passeio, nada melhor do que uma ida ao spa do Wine & Books Hotels Porto para relaxar. A ideia era experimentar uma massagem Wine & Books Spa (80 minutos, 100€), mas o que tivemos oportunidade de experienciar foram quase duas horas de relaxamento total. Isto porque o terapeuta que nos proporcionou este momento teve o cuidado de personalizar a massagem de acordo com as maleitas momentâneas que tínhamos, nomeadamente uma contratura chata na zona dos ombros, que ficou bastante amenizada depois deste tratamento.

Piscina interior
Piscina interior créditos: MAGG

Devido a mudanças na equipa, o restaurante do hotel estava temporariamente fechado, por isso jantámos no Wine & Books Café. Se ficámos chateados? Muito pelo contrário. Além de termos ficado agradados com o facto de haver visitantes que não estavam hospedados no hotel a relaxar e a conviver, de copo de vinho na mão, prova de que o espaço está ligado à vida da cidade, a surpresa continuou assim que chegaram os cocktails da carta elaborada pelo barman Pedro Duarte.

Dos nove cocktails de assinatura, cujos nomes são "poesia líquida" e inspirados na cidade, escolhemos dois: Bom dia, meu Amor (Martini Vibrante, erva-príncipe, ruibarbo e framboesa, 10€) e Revolta dos Tanoeiros (Tequila 1800, ananás, erva-príncipe e gengibre, 12€). Se eram bons? Repetimos, temos de confessar.

O menu de snacks não é extenso, mas não deixa ninguém com fome. Os peixinhos da horta com molho ponzu e wasabi (8€) estavam estaladiços e sequinhos, e as pataniscas de camarão com maionese de rábano e citrinos (16€), fofas e saborosas. O tártaro de salmão marinado com creme de abacate e crême fraiche, cebolinho sobre sames de bacalhau frito (18€) foi a experiência mais surpreendente.

Os sames, que expandem graças à fritura, servem de cama ao tártaro, proporcionando um contraste de texturas e sabores original. Para finalizar, e porque se impõe, ainda houve espaço para a mini francesinha (16€), com batata frita incluída e um molho caseiro e delicioso. Aprovadíssima e, sendo partida aos quadradinhos, até parece mais light.

O Wine&Books Hotels Porto está aberto desde novembro de 2023 e representa um investimento de 28 milhões de euros do grupo PBH. A obra arquitetónica resulta da recuperação das ruínas de um casario do século XIX, do qual se manteve a fachada que é possível ver nas traseiras do hotel. Este é o segundo hotel da marca Wine&Books Hotels, após a abertura da unidade de Lisboa, situada na Ajuda. Em breve, está prevista a inauguração de um terceiro hotel, em Sintra.

Veja aqui fotos do hotel Wine&Books Hotels Porto

Os preços por noite, de acordo com simulação no site do hotel para o fim de semana de 18 e 19 de maio, começam nos 327€ (tipologia Quarto Superior) e podem ir até aos 920€ (Master Suite).

Wine & Books Hotels Porto

Morada: Rua de José Falcão 39-41, 4050-526 Porto
Contacto: (+351) 222 443 750; bookings@porto.wbh.pt
Site, Facebook e Instagram

* A estadia da MAGG aconteceu a convite da Wine & Books Hotels