Os filmes "A Herdade" e "Variações" foram os grandes vencedores da oitava edição dos prémios Sophia, dedicados a distinguir o que de melhor se faz no cinema português. Atribuídos esta quinta-feira, 17 de setembro, pela Academia Portuguesa de Cinema no Casino Estoril, em Cascais, tanto "A Herdade" como "Variações" levaram para casa sete estatuetas.

Na altura em que "A Herdade" recebeu o prémio de Melhor Filme, coube ao produtor Paulo Branco subir a palco para o receber. No entanto, este recusou-o prometendo aceitar para o próximo ano se houver alguma mudança no setor.

Albano Jerónimo. "A vida muitas vezes não nos salva e eu gosto dessa crueldade"
Albano Jerónimo. "A vida muitas vezes não nos salva e eu gosto dessa crueldade"
Ver artigo

"Não levo o prémio, levarei para o ano se alguma coisa mudar entre nós todos”, começou por dizer, criticando ainda "as pequenas guerrilhas", os "pequenos golpes" e alguma clima de inveja entre alguns dos profissionais do cinema. "Não vamos a lado nenhum se for assim. Não podemos exigir às instituições se entre nós não mudarmos completamente a maneira como nos olhamos uns aos outros. Há espaço para tudo, para os maus, para os medíocres e para os bons", defendeu, escreve a Agência Lusa citada pelo jornal "Observador".

No que toca a "Variações", de João Maia, o filme ganhou nas categorias de Melhor Representação Masculina para Sérgio Praia, no papel de António Variações, e para Filipe Duarte que foi distinguido, postumamente, como Melhor Ator Secundário.

Nesta edição dos Sophia, as produções “Tio Tomás, a Contabilidade dos Dias”, de Regina Pessoa, foi distinguida como a Melhor Curta de Animação, "Raposa", como a Melhor Curta-Metragem Documental e "Fábrica" como a Melhor Curta de Ficção. Já "Até Que O Porno nos Separe", de Jorge Pelicano", ganhou o prémio de Melhor Documentário.

Conheça a lista completa dos vencedores dos prémios Sophia.

Melhor Filme

  • "A Herdade"

Melhor Realizador

  • Tiago Guedes ("A Herdade")

Melhor Atriz

  • Sandra Faleiro ("A Herdade")

Melhor Ator

  • Sérgio Praia ("Variações")

Melhor Atriz Secundária

  • Ana Vilela da Costa em "A Herdade"

Melhor Ator Secundário

  • Filipe Duarte ("Variações")

Melhor Argumento Adaptado

  • Tiago Rodrigues e Tiago Guedes ("Tristeza e Alegria na Vida das Girafas"

Melhor Argumento Original

  • Rui Cardoso Martins e Tiago Guedes ("Herdade")

Melhor Documentário

  • "Até Que o Porno nos Separe"

Melhor Série ou Telefilme

  • "Sul"

Melhor Direcção de Fotografia

  • João Lança Morais ("A Herdade")

Melhor Som

  • "Variações"

Melhor Montagem

  • "A Herdade"

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.