Boa música, uma paisagem romântica (com pôr do sol à mistura) e vinho de beber e chorar por mais. Encontra tudo isto no mesmo sítio, já entre 21 e 23 de julho. O EA Live está de regresso ao Alentejo e — alerta, spoiler — voltou a apostar todas as fichas na música portuguesa.

Tiago Nacarato: "Qual é a legitimidade de pedir um apoio quando foges quase sempre aos deveres?"
Tiago Nacarato: "Qual é a legitimidade de pedir um apoio quando foges quase sempre aos deveres?"
Ver artigo

Em 2021, a festa fez-se ao som de Pedro Abrunhosa, Carolina Deslandes, Bárbara Tinoco e Tiago Nacarato. Desta vez? Temos um repetente e três estreantes a pisar o palco da Quinta de Valbom, onde se encontra o Enoturismo da Adega Cartuxa — a responsável pelo tal vinho de beber e chorar por mais.

Pedro Abrunhosa volta a marcar presença no festival pelo segundo ano consecutivo, a 21 de julho, mas desta vez partilha o cartaz com António Zambujo, que sobre a palco a 22. E, ainda, com Manuela Azevedo, dos Clã, e Bruno Nogueira, que mais uma vez apelam para que "Deixem o Pimba em Paz", a 23 de julho. Todos as atuações arrancam às 20h30 e coincidem com o momento em que o sol de despede das vinhas e o céu vira cor de laranja.

EA Live
créditos: divulgação

Para além dos artistas que integram o cartaz, à semelhança do que já havia acontecido em 2021, em parceria com a SIC Esperança, todos os concertos serão inaugurados por novos talentos do panorama nacional, no Palco Esperança. No entanto, os nomes dos artistas convidados ainda não são conhecidos.

Estes talentos revelação continuam envoltos em secretismo, mas a informação de que os bilhetes incluem muito mais do que acesso aos concertos já não é segredo para ninguém. Já disponíveis nos locais de venda habituais, os bilhetes do EA Live incluem uma degustação de vinhos EA, um copo e fita EALIVE e ainda um clipcup, para que possa bater palmas à vontade, sem se preocupar com o copo.

Encontra todas as informações sobre o evento em ealive.com.pt.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.