Apesar de um casamento em rutura e de sofrer de perda de memória decorrente de um trauma recente, Marcella (interpretada pela atriz Anna Friel), continua a ser uma das melhores agentes capaz de investigar os crimes mais macabros que passam pelas mãos da polícia britânica.

E é depois de o homem com quem vivia há 15 anos lhe dizer que quer acabar o casamento, que Marcella decide voltar a investigar um dos assassinos em série mais violentos de Londres, que parece ter voltado ao ativo.

Atenção, fãs de "CSI": A série vai regressar com os atores originais
Atenção, fãs de "CSI": A série vai regressar com os atores originais
Ver artigo

É este o ponto de partida de "Marcella", uma série de crime perfeita para quem gosta de policiais intensos, personagens complexas e muita ação que é intercalada com interrogatórios, investigação e reviravoltas inesperadas.

E se na primeira temporada o foco é a investigação de um assassino em série que cometeu vários homicídios em 2005, na segunda o criminoso é outro. Na terceira, a última até agora, o ritmo muda de forma abrupta e Marcella é agora uma agente infiltrada numa das organizações criminosas mais influentes e letais na região.

Mas embora seja uma das agentes mais perspicazes no terreno, as perdas de memória vão tornando-se cada vez mais recorrentes — pondo-a em risco, assim como a sua família e os seus colegas que não fazem ideia da sua deterioração mental.

Composta por três temporadas, com oito episódios cada, "Marcella" pode ser vista de forma integral na Netflix. Do elenco fazem parte nomes como Ray Panthaki, Jack Doolan, Jamie Bamber, Nicholas Pinnock, Imogen Faires, Asher Flowers e Hugo Speer.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.