Se há coisa que 2020 nos ensinou é que a nossa casa merece atenção, especialmente as nossas paredes. Ninguém gosta de entrar numa casa com as paredes completamente brancas e sem qualquer elemento decorativo. São estas pequenas — ou grandes, consoante o gosto — coisas que podem fazer a diferença entre uma casa e um lar. 

Seja quem gosta de seguir uma tendência de decoração mais minimalista ou para aqueles que adoram ter a casa cheia de objetos decorativos, há um elemento que é praticamente indispensável: os quadros. É que basta colocar um quadro numa qualquer parede que ela fica logo completamente diferente. E se optar por fazer um mural, é quase certo que aquela parede se vai tornar no centro das atenções e motivo de conversa quando receber visitas. 

Caso ainda esteja na dúvida sobre o que oferecer neste Natal, os quadros são sempre uma boa sugestão, e há imensas opções por onde escolher. Na Friday, a loja online de posters decorativos criados por artistas nacionais, tem sugestões todos os gostos. Desde ilustrações feitas à mão a grafismos que dão para colocar na sala, na cozinha, no corredor e até mesmo no quarto, seja dos pais ou dos miúdos. E caso prefira uma opção mais personalizada, há artistas que também o podem fazer, como é o caso da Pastel Illustrations, a quem pode pedir que faça uma ilustração de uma fotografia da sua família, por exemplo.

No site encontra mais de 500 posters criados por artistas nacionais, e tem a opção de escolher entre vários tamanhos, desde o A4 até ao postes grande com 70 por 100 centímetros. Já os preços variam entre os 14€ e os 40€, consoante o tamanho que escolher. E se já está a pensar que não sabe onde encontrar molduras para estes quadros, não se preocupe, também as encontra na Friday, e todas produzidas manualmente em Portugal, utilizando materiais de origem sustentável.

Na galeria, sugerimos 15 posters da Friday para oferecer a quem mais gosta — ou para decorar a sua própria casa. 

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.