"Conforto e elegância são os chavões desta coleção." A afirmação é de Catarina Miranda, em entrevista à MAGG. A comunicadora juntou-se à empresa multitecidos Nomalism, para criar uma linha de almofadas. Velvet Colletion nasce da "mania", como apelida, por almofadas, aliada ao gosto por ver séries, "confortável e quentinha".

Dia Internacional do Podcast. 12 podcasts de mulheres portuguesas que vale a pena ouvir
Dia Internacional do Podcast. 12 podcasts de mulheres portuguesas que vale a pena ouvir
Ver artigo

Por ser um tecido "muito elegante e intemporal", adequado aos dias mais mais frios, a escolha foi o veludo e daí surgiu o nome da coleção. Trata-se de uma edição limitada, lançada esta terça-feira, 30 de novembro e Catarina garante: "Estes tecidos têm muito da minha personalidade".

Em relação aos padrões, conta que a seleção não foi difícil. A preferência recaiu nos "padrões irreverentes" e "um bocadinho fora do normal". "Sou assim no meu dia a dia. Gosto sempre de ter um apontamento ou outro que desconstrua o look e transporto isso para a minha casa. É como pensar num look todo preto, os acessórios fazem toda a diferença."

Falamos de oito artigos, quatro lisos, quatro estampados, todos com nomes de artistas musicais. "Foi um juntar destas duas paixões: a música, que eu amo e com a qual trabalho, todos os dias, e o conforto, decoração." Nina (Simone), Aretha (Franklin), Amy (Winehouse), Whitney (Houston), Bruce (Springsteen), Lenny (Kravitz), Seal, David (Bowie) são algumas das referências da animadora de rádio, que deram nome à sua primeira coleção de almofadas.

Catarina revela que nunca idealizou uma coleção de moda, nem quis seguir essa "tendência". Já uma linha de almofadas fazia todo o sentido, dado que se define como "obcecada, quase 'control freak'", no que respeita ao elemento decorativo. O gosto por decoração já existia, mas a pandemia e os sucessivos confinamentos acentuaram-no.

No entanto, existe uma preocupação com a sustentabilidade ambiental e Catarina garante que esse foi um aspeto que considerou, quando escolheu lançar a coleção em parceria com a Nomalism. As almofadas são fruto de uma produção manual, nacional, com "enchimento 100% português". Os tecidos, europeus, têm os selos "Têxteis de Confiança" e "Made in Green". A radialista confirma, ainda, a preocupação da marca com o respeito pelos diretos humanos: "é uma loja que, antes de avançar para a produção, vai ver as fábricas, as condições de trabalho de todas as pessoas".

Desde a ideia, enquanto preparava umas remodelações para fazer em casa, à sua concretização, passaram cerca de dois meses. "Deparei-me com um tecido lindo e perguntei se havia em papel de parede. Disseram-me que não, que só havia para almofadas. Ficou o bichinho", conta, ressalvando um atraso, por escassez de materiais.

Além da presença assídua na grelha da Antena 1, Catarina Miranda trabalha como criadora de conteúdos no digital e tem um podcast, "Só Mais 5 Minutos", que vai na quinta temporada. Se a coleção das almofadas "correr bem", existem mais projetos em mente.

Para já, são cerca de 200 artigos e, à partida, não haverá reposição de stock. As almofadas rondam os 30€ e já estão disponíveis na loja online da Nomalism ou na loja física, em Campo de Ourique. Percorra a fotogaleria e conheça Velvet Colletion by Catarina Miranda na íntegra.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.