Uma casa pequena (ou mais pequena do que gostávamos/precisávamos) não tem, obrigatoriamente, que ser uma casa feia ou caótica. Mas para isso, é preciso organizar. Essa é a palavra-chave para poder viver num espaço pequeno em harmonia.

Mas quais são os truques para criar esse espaço, sem ter que declarar falência?

A MAGG falou com a Designer de Interiores da IKEA, Marta Cunha, e estes são os 6 principais elementos a ter em conta:

Móveis Multi-funções - Sofás que viram camas, camas que viram paredes, mesas de cabeceira que viram secretárias, mesas de apoio que viram mesas de jantar. O 2 (ou mais) em 1 é fundamental para ter um maior aproveitamento do espaço.

Verticalidade - A ideia é optimizar o espaço em altura, em vez de largura, ou seja, criar zonas de arrumação desde o chão até ao tecto. Como? Através de estantes. E, nesse caso, a arrumação deve dividir-se entre os objectos que mais usamos e os que usamos menos. Os mais usados ficam em baixo e os outros em cima.

Cores claras - Os tons claros como o branco, bege, amarelo, rosa claro, dão maior amplitude ao espaço. Não só nas paredes, como nos móveis.

Organização - Quanto mais coisas e coisinhas tivermos em cima dos móveis, mais a área parece pequena. Por isso, as caixas abertas ou fechadas são a solução para arrumar tudo e criar zonas mais “clean”. As criações de divisórias dentro de gavetas, são também uma boa forma de arrumar, organizar e encontrar (fundamental de manhã!).

Espelhos - A colocação de espelhos grandes nas zonas mais pequenas da casa, dá uma maior sensação de profundidade, tornando o espaço mais amplo. Os espelhos com prateleiras ainda permitem a colocação de objectos decorativos.

Portabilidade - Móveis com a capacidade de se deslocarem para diferentes zonas da casa, também ajudam a optimizar o espaço. Uma mesa de centro com rodas é uma boa solução.

Estes são elementos que a IKEA considera fulcrais para a optimização de ambientes pequenos, o que é uma das principais preocupações e focos da marca sueca. E, por isso, conta com uma vasta gama de produtos, como sofás, estantes, cómodas, prateleiras, caixas, entre outros, totalmente pensados nas casas em que os m2 não são muito generosos.

"Aprender a viver de forma mais inteligente é a inspiração da marca para a criação de produtos específicos para áreas pequenas. Criamos Smart Solutions.", explicou Marta Cunha.

Estas são algumas soluções para tirar partido do pouco espaço que tem.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.