Como a mais velha de seis irmãos, com idades compreendidas entre os 17 anos e os 6 meses, Matilde Magalhães tem uma paixão por crianças desde que se lembra. "O conceito de família está muito presente em mim, sempre ajudei os meus irmãos, e adoro crianças", conta a jovem de 17 anos à MAGG, que uniu o seu amor pela família ao gosto pela área da moda no projeto sustentável Baby re-bag.

Matilde Magalhães estava a frequentar uma academia de empreendorismo quando lhe foi pedido, no conceito do curso, para criar um projeto de raiz. A cabeça da jovem foi logo para algo ligado a venda de roupa, mas mudou de ideias depois de uma conversa com os responsáveis da academia. "Debatemos o tema e chegámos à conclusão de que existe muito consumismo na indústria da moda. Assim, deixei cair a ideia de vender roupa nova, e apostei num conceito mais sustentável e solidário", explica Matilde Magalhães.

Baby Box. Casal português quer prevenir as mortes súbitas dos bebés com conceito novo no País
Baby Box. Casal português quer prevenir as mortes súbitas dos bebés com conceito novo no País
Ver artigo

Criado há cerca de um mês, no início de junho, o Baby re-bag tem um conceito simples. Caso tenha roupa de bebé que já não precise, pode contactar a iniciativa através das páginas de Instagram ou Facebook, e agendar uma data e local para doar o saco de roupa. Depois da doação feita, Matilde e a sua equipa de voluntários — são 10 no total, de momento —analisam as condições de roupa, lavam as peças e estas seguem para famílias mais necessitadas.

"Tenho uma parceria com uma enfermeira, que me sinaliza as famílias que precisam mais. Também estou a trabalhar numa outra parceria, já com uma instituição, para conseguir chegar a mais famílias. De momento, só estamos a trabalhar a zona de Cascais e Grande Lisboa, mas gostava muito de crescer, ter mais voluntários e chegar a mais distritos. Também pensei em ter uma parceria com uma loja de brinquedos, para que pudéssemos oferecer alguns artigos às crianças, mais didáticos e amigos do ambiente. Mas, para já, vou cimentar o projeto", explica a jovem.

matilde magalhaes
créditos: Matilde Magalhães (à esquerda na imagem) é a mais velha de 6 irmãos

Matilde Magalhães salienta também que tem noção de que existem muitos projetos de doação de roupa, mas quer marcar a diferença pela qualidade das peças. "Temos muita atenção ao detalhe e só queremos mesmo itens em boas condições. Depois da doação feita, mesmo que as peças tenham umas manchas muito leves, tentamos perceber se desaparecem com a lavagem. Temos um sistema em que dividimos a roupa pelos voluntários, e cada um leva algumas peças para casa para lavar. Se, depois disso, as manchas persistirem, colocamos as peças naquelas caixotes de roupa ou entregamos numa igreja."

Para já, a equipa da Baby re-bag só aceita roupa de bebés e alguns peluches, que colocam no saco para as famílias como um "pequeno miminho para as crianças", diz Matilde Magalhães. O projeto precisa de voluntários, e caso tenha interesse em ajudar, pode aceder a um questionário através do link na bio da página de Instagram, e candidatar-se. Mas Matilde avisa: "Tem que ter amor pelo projeto".

Caso tenha roupa antiga dos seus filhos que já não precise, e em boas condições, sem defeitos, manchas ou rasgões, pode doar as peças à Baby re-bag, que encaminhará os itens para as famílias que mais precisam. Para fazer a doação, basta contactar a iniciativa através do Instagram ou Facebook.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.