Existem muitos motivos de preocupação para os pais de primeira viagem, mas o Síndrome da Morte Súbita do Lactente (SMSL) é, sem dúvida, um dos maiores focos quando falamos dos perigos dos recém-nascidos. Sem existir ainda uma razão apontada para a morte por SMSL, sabe-se que a maioria dos óbitos causados por este síndrome acontece entre os 2 e os 7 meses de idade dos bebés. Em Portugal, e de acordo com os últimos dados conhecidos, a prevalência ronda os 0,1/0,2 por cento por cada mil nascimentos, enquanto que os registos internacionais apontam para dois casos por cada mil nascimentos.

E tal como acontece com a maioria dos pais, este foi um factor de preocupação para Verónica Macedo, 32 anos, e João Cortinhas, 34 anos, que viviam em Inglaterra quando Verónica engravidou de Constança, a primeira filha do casal. A enfermeira e o gestor de negócios foram apresentados ao conceito das baby boxes quando viviam fora do País, e perceberam a lacuna no mercado nacional quando regressaram à Trofa, em dezembro de 2018.

Há uma forma de proteger os bebés enquanto dormem — e o segredo está nos lençóis
Há uma forma de proteger os bebés enquanto dormem — e o segredo está nos lençóis
Ver artigo

"Este conceito nasceu na Finlândia há mais de 80 anos, e existe em dezenas de países, como o Reino Unido, Austrália, Estados Unidos", explicou o casal à MAGG, que resolveu trazer para Portugal esta importante ferramenta no mundo da puericultura. "A Baby Box é uma caixa de cartão certificada, especialmente desenhada para caber no interior de berços e camas de grades, embora também possa ser transportada para qualquer lugar da casa, quase como um ninho. O objetivo da caixa é ajudar na diminuição das mortes súbitas, funcionando como um objeto educativo para os pais. Digamos que é um meio para um fim, e um método de educação e alerta para os adultos, promovendo práticas seguras no que diz respeito ao sono do bebé."

E como é que uma caixa de cartão pode ajudar um bebé a dormir melhor e, acima de tudo, em segurança? Em primeiro lugar, Verónica e João explicam que as medidas da Baby Box (68 centímetros de comprimento por 42 de largura) permitem que os pais cedam à tentação de colocar muita coisa no berço das crianças, uma atitude muito perigosa, que pode potenciar mortes por asfixia. "Reduz a tendência de pôr objetos, peluches, edredões , brinquedos e almofadas, tudo isto desaconselhado para estar na cama dos bebés."

baby box
A Baby Box pode ser levada para qualquer lugar da casa, sendo o chão o sítio mais indicado para colocar a caixa.

Por outro lado, a caixa, que é recomendada até aos 6 meses de idade, promove "um ambiente confortável e seguro para o bebé dormir", salienta o casal. "A posição mais segura para um bebé dormir é de barriga para cima. Antes de sermos pais, não fazíamos ideia, achávamos que era de lado — aliás, até fizemos uma pesquisa nas nossas stories de Instagram e a grande maioria também achava que o melhor era dormir de lado, é um erro muito comum. A Baby Box  acaba por proteger o bebé, dado que nunca sabemos quando é a primeira vez que eles se vão virar. Com a caixa, se se tentarem virar, batem na lateral da caixa e voltam à posição de barriga para cima."

Para além destas práticas seguras, a mobilidade da Baby Box também é outro factor que Verónica e João esperam que cative o público. "Grande parte das pessoas não tem um segundo berço em casa, e ficam sem saber onde pôr o bebé ao longo do dia. A Baby Box resolve este problema, embora o local mais indicado para colocar a caixa seja mesmo o chão", dizem a enfermeira e o gestor, salientando que o sofá acarreta perigos.

Como é o dia seguinte numa creche a seguir à morte de uma criança?
Como é o dia seguinte numa creche a seguir à morte de uma criança?
Ver artigo

Para os pais de Constança, agora com 2 anos, tão importante como introduzir a Baby Box no mercado nacional, é alertar os pais para esta problemática do sono seguro e dos perigos do Síndrome da Morte Súbita do Lactente. E é por isso que usam as redes sociais, principalmente a página de Instagram, para divulgar conteúdo informativo, como regras para a utilização das cadeirinhas auto, dicas sobre sono, uso da chupeta, amamentação, entre muitas outras. "Também temos página de Facebook, mas é realmente no Instagram que está o nosso público-alvo", afirma o casal.

Para além da caixa propriamente dita, o kit Baby Box traz ainda um colchão ajustável às medidas da caixa, uma cobertura impermeável e um lençol 100% de algodão. Existem três padrões diferentes, e a Baby Box pode ser adquirida no site oficial da marca por 34,95€, a partir de dia 1 de junho, data em que começam a aceitar encomendas. O valor já inclui portes de envio, e a marca envia para qualquer ponto de Portugal continental — as ilhas estarão para breve, garantem os responsáveis da marca.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.