Tem propriedades digestivas, diuréticas e é um auxílio no processo de digestão. Estas são algumas das características do alecrim, um dos nove ingredientes que compõem o Falta de Chá. Trata-se de um chá pensado para o manter hidratado ao longo de dia e que, ao mesmo tempo, oferece todos os benefícios de que precisa para se manter eficiente e capaz em todas as tarefas que se proponha desempenhar.

É uma frase feita, mas nem por isso menos verdadeira: manter-se hidratado em todas as horas do dia é essencial. Claro que pode simplesmente beber água, mas se optar por uma bebida que, além de satisfazer esse objetivo, se caracteriza ainda por propriedades diuréticas, anti-inflamatórias e capazes de reforçar o seu bem estar físico e mental, o ganho é, claro, a dobrar.

Composto por oito plantas e uma raiz, o Falta de Chá, um projeto idealizado por Ricardo Martins Pereira, diretor da MAGG e da MAGG Agency, caracteriza-se como diferenciador no mercado português ao incorporar, num só produto, nove plantas-chave com objetivos muito específicos 

Mostramos-lhe, ponto por ponto, qual o potencial de cada um dos nove ingredientes que compõem o Falta de Chá.

Alecrim

Por conter propriedades digestivas, diuréticas e antidepressivas, o alecrim serve para auxiliar na digestão dos alimentos, e contribui para acalmar a dor de cabeça.

O facto de ser rico em ácidos antioxidantes (como o ácido rosmarínico, ácido cafeico ou ácido carnósico) ajuda a melhorar o sistema imunológico e melhora a saúde da pele. 

Carqueja

É uma planta medicinal da espécie Baccharis trimera. Devido à sua ação anti-inflamatória e diurética, a carqueja pode ser usada para melhorar a digestão e agilizar o processo de emagrecimento.

Rica em antioxidantes — como a quercetina e a rutina que estimulam a produção de glóbulos brancos —, esta planta pode ainda contribuir para fortalecer o sistema imunitário e ser um aliado para o tratamento de gripes e constipações.

Chá verde

Produzido a partir da folha da Camellia sinensis — rica em compostos antioxidantes —, o chá verde contém propriedades antioxidantes, que ajudam na prevenção da flacidez e do envelhecimento precoce. Contribui também para controlar os níveis de colesterol, prevenindo doenças no coração. 

Pela grande quantidade de cafeína, o chá verde ajuda a manter a disposição física e mental ao longo do dia. 

Gengibre

Além das propriedades termogênicas – que aceleram o metabolismo – o gengibre contém compostos bioativos com propriedades anti-inflamatórias, carminativas e antieméticas que ajudam a relaxar o estômago e diminuem a acidez, sendo uma boa opção para combater a azia e gases intestinais.

Guaraná

É frequentemente utilizado para a produção de refrigerantes. No entanto, também é verdade que pode ajudar a combater o cansaço e a falta de apetite. É rico em catequinas, substâncias antioxidantes, alivia a enxaqueca, cólicas e ajuda na redução de peso.

Hortelã

Reconhecida pelo cheiro semelhante ao da menta, a hortelã ajuda a relaxar os músculos do estômago e do intestino, diminuindo as contrações que causam mal estar nesta zona. Além disso, contribui para travar as náuseas, vómitos, o inchaço abdominal e os gases. 

Estimula a secreção da bile (composto produzido pela vesícula biliar) contribuindo para a manutenção do fígado.

Mate verde

Frequentemente consumida na América do Sul, a mate verde é utilizada como um aliado para a concentração, uma vez que é rica em cafeína. Possui vitamina C e E que contribui para o aumento das defesas do sistema imunitário, ajuda na redução do colesterol e favorece a perda de peso através do aumento da sensação de saciedade. 

Sálvia

O nome científico é Salvia officinalis, mas é frequentemente conhecida como salva. 

Ajuda em transtornos gastrointestinais (como dificuldade na digestão ou excesso de gases) e, devido às suas propriedades antimicrobianas, contribui para acalmar inflamações da faringe e lesões da pele.

Cavalinha

É uma planta portuguesa e tem um papel essencial na composição do Falta de Chá. Possui ação diurética, anti-inflamatória, antioxidante, antimicrobiana, cicatrizante e remineralizante. O que é que isso oferece? Ajuda no combate à retenção de líquidos, no processo de emagrecimento, no combate de infeções urinárias e na manutenção da saúde óssea (pela presença de minerais como cálcio, fósforo e magnésio).

Pela sua combinação, o recomendado é que se consumam entre uma a três saquetas diárias.

O chá pode ser preparado a quente ou a frio e pode encontrá-lo à venda através do site oficial. Está disponível em caixas individuais (24,90€), com 60 saquetas cada, ou num pack de três caixas com desconto de 50% na terceira unidade (62,25€ em vez de 74,70€). Pode saber mais no site oficial do Falta de Chá.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.