A cerimónia dos Grammys decorreu na madrugada deste domingo para segunda-feira, de 4 para 5 de fevereiro. Nesta que foi a 66.ª edição, Taylor Swift voltou a ser a estrela da noite, já que, além de vencer o galardão de Álbum do Ano com "Midnights", anunciou também o seu novo disco, "The Tortured Poets Department".

Com esta vitória, Taylor Swift bateu um novo recorde histórico: tornou-se na primeira artista a vencer quatro vezes a categoria de Álbum do Ano, fruto do seu trabalho em álbuns como "Fearless", "1989" e "Folklore". Na passadeira vermelha da cerimónia, a artista também deu que falar.

Vestida de Schiaparelli, o vestido branco contava com uma racha até à anca, que complementou com luvas de ópera e diamantes até dizer chega, remetendo-nos para os tempos de Old Hollywood. Quem também nos deu a mesma impressão foi Olivia Rodrigo, que se apresentou numa criação da mesma cor, mas com a assinatura Versace, e não podia estar mais glamourosa.

Não podíamos deixar de mencionar as irmãs Halle e Chlöe Bailey. O par deu tudo nos brilhos, com a primeira a apostar as fichas todas num naked dress Gucci, enquanto a segunda elevou a fasquia com uma peça mais trabalhada, mas igualmente brilhante, de Caurav Gupta Couture.

Veja os melhores looks.

Também houve quem se destacasse pelo facto de poder ter entregado mais na passadeira vermelha. Foi o caso de Ice Spice, que, embora seja um dos nomes mais promissores da nova geração de rappers norte-americanos, ficou aquém das expectativas no que toca ao visual. Com Baby Phat da cabeça aos pés, achamos que este total look de ganga gritava VMAs e não Grammys.

Taylor Swift anuncia novo álbum. E já falta pouco para sair
Taylor Swift anuncia novo álbum. E já falta pouco para sair
Ver artigo

O mesmo se pode dizer de Billie Eilish, que desfilou com Chrome Hearts e um casaco vintage. Percebemos que o seu estilo prime pela descontração e que o seu apanágio seja a streetwear, mas achamos que a cantora faz mais furor quando usa algo mais arrojado e fora da sua zona de conforto.

Quem também nos desapontou foi Miley Cyrus – e não sabemos se começamos pelo cabelo ou pelo vestido que, embora seja da autoria de Maison Margiela, não nos encantou particularmente. Lana del Rey também está na lista de quem se podia ter esforçado mais, já que foi de preto da cabeça aos pés (e parece que estava a antever que não ia levar nenhum prémio para casa).

E os piores.

Recorde os vencedores.

Gravação do Ano

  • “Flowers” — Miley Cyrus (vencedora)
  • “Worship” — Jon Batiste
  • “Not Strong Enough” — Boygenius
  • “What Was I Made For?” [From the Motion Picture “Barbie”] — Billie Eilish
  • “On My Mama” — Victoria Monét
  • “Vampire” — Olivia Rodrigo
  • “Anti-Hero” — Taylor Swift
  • “Kill Bill” — SZA

Álbum do Ano

  • “Midnights” — Taylor Swift (vencedora)
  • “World Music Radio” — Jon Batiste
  • “The Record” — Boygenius
  • “Endless Summer Vacation” — Miley Cyrus
  • “Did You Know That There’s a Tunnel Under Ocean Blvd” — Lana Del Rey
  • “The Age of Pleasure” — Janelle Monáe
  • “Guts” — Olivia Rodrigo
  • “SOS”— SZA

Canção do Ano

  • “What Was I Made For?”— Billie Eilish (vencedora)
  • “A&W” — Lana Del Rey
  • “Anti-Hero” — Taylor Swift
  • “Butterfly” — Jon Batiste
  • “Dance the Night” — Dua Lipa
  • “Flowers” — Miley Cyrus
  • “Kill Bill” — SZA
  • “Vampire” — Oliva Rodrigo

Melhor Novo Artista

  • Victoria Monét (vencedora)
  • Gracie Abrams
  • Fred Again
  • Ice Spice
  • Jelly Roll
  • Coco Jones
  • Noah Kahan
  • The War and Treaty

Melhor Álbum de Pop Vocal:

  • “Midnights”— Taylor Swift (vencedora)
  • “Chemistry” — Kelly Clarkson
  • “Endless Summer Vacation” — Miley Cyrus
  • “Guts” — Olivia Rodrigo
  • “- (Subtract)” — Ed Sheeran

Melhor Gravação de Música de Dança/Eletrónica:

  • “Padam Padam” — Kylie Minogue (vencedora)
  • “Baby Don’t Hurt Me” — David Guetta, Anne-Marie & Coi Leray
  • “Miracle” — Calvin Harris Featuring Ellie Goulding
  • “One in a Million” — Bebe Rexha & David Guetta
  • “Rush” — Troye Sivan

Melhor Performance Pop Solo

  • "Flowers" - Miley Cyrus (vencedora)
  • “Paint the Town Red” - Doja Cat
  • “What Was I Made For? [From The Motion Picture Barbie]" - Billie Eilish
  • “Vampire” - Olivia Rodrigo
  • “Anti-Hero” - Taylor Swift

Melhor Performance Pop Duo/ Grupo

  • "Ghost in the Machine" - SZA featuring Phoebe Bridgers (vencedoras)
  • "Thousand Miles" - Miley Cyrus featuring Brandi Carlile
  • "Candy Necklace" -Lana Del Rey featuring Jon Batiste
  • "Never Felt So Alone" - Labrinth featuring Billie Eilish
  • "Karma" - Taylor Swift featuring Ice Spice

Melhor Álbum Rock

  • "This Is Why” — Paramore (vencedores)
  • “But Here We Are” — Foo Fighters
  • “Starcatcher” — Greta Van Fleet
  • “72 Seasons” — Metallica
  • “In Times New Roman…”— Queens of the Stone Age

Melhor Álbum de Música Urbana

  • "MAÑANA SERÁ BONITO" - Karol G (vencedora)
  • "SATURNO" - Rauw Alejandro
  • "DATA" - Tainy

Melhor Álbum Pop Latino

  • "X Mí (Vol. 1)" - Gaby Moreno (VENCEDOR)
  • "La Cuarta Hoja" - Pablo Alborán
  • "Beautiful Humans, Vol. 1" - AleMor
  • "A Ciegas" - Paula Arenas
  • "La Neta" - Pedro Capó
  • "Don Juan" - Maluma

Melhor Álbum Alternativo

  • "the record" - boygenius (vencedor)
  • "The Car" - Arctic Monkeys
  • "Did You Know That There’s a Tunnel Under Ocean Blvd" - Lana Del Rey
  • "Cracker Island" - Gorillaz
  • "I Inside the Old Year Dying" - PJ Harvey

Melhor Álbum R&B

  • "JAGUAR II" - Victoria Monét (vencedora)
  • "Girls Night Out" - Babyface
  • "What I Didn’t Tell You (Deluxe)" - Coco Jones
  • "Special Occasion" - Emily King
  • "CLEAR 2: SOFT LIFE EP" - Summer Walker

Melhor Álbum de Rap

  • "MICHAEL" - Killer Mike (vencedor)
  • "Her Loss" - Drake & 21 Savage
  • "HEROES & VILLIANS" - Metro Boomin
  • "King’s Disease III" - Nas
  • "UTOPIA" - Travis Scott

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.