Vanessa Martins lançou mais um produto da sua marca Frederica. Desta vez, a influenciadora digital aposta no homewear (em bom português, roupa de andar por casa) e lança uma coleção de pijamas. Existem dois modelos (Ella e Oxford, disponíveis em várias cores) e a particularidade destas peças de roupa é a sua sustentabilidade.

Ou seja, a criação destas peças não implicou a utilização de novos tecidos. Como se pode ler na loja online, "os tecidos dos nossos pijamas consistem no reaproveitamento de sobras de tecido de outras marcas, sendo fornecidos de forma sustentável e responsável". A linha Frederica Homewear é feita em Portugal e os preços variam entre os 59,90€ e 69,90€.

Vanessa pede desculpa pelo uso do termo "desleixar"

A 16 de novembro, Vanessa Martins anunciava a contagem decrescente para o lançamento desta coleção. A influenciadora confessava a sua "paixão gigante por pijamas" e escrevia: "Nunca dormi de fato de treino, nem com roupa velha. Nunca tive um pijama da hello Kitty ou com unicórnios... há uma certa tendência da mulher se desleixar nesse aspeto e eu nunca compreendi isso."  A influenciadora desabafou ainda que, durante o confinamento, percebeu que as pessoas não tinham roupa para andar por casa e por isso "há seis meses" decidiu começar a "desenvolver a marca de homewear da Frederica."

O uso do termo "desleixar" acabou por gerar alguma polémica, levando Vanessa Martins a fazer um esclarecimento.  "Ponderei várias vezes se devia de partilhar esta mensagem ou não, e sinto que o devo fazer. Sempre me orgulhei da relação que tenho com a minha comunidade, transparente e verdadeira e não vai mudar agora. Nunca foi minha intenção ofender com o uso da palavra "desleixada" , começa por escrever Vanessa.

"Compreendo que a mesma tem uma conotação negativa, especialmente quando associada à ideia misógina de que as mulheres se devem apresentar de uma determinada forma para agradar a outro, mas essa nunca foi a minha intenção", acrescenta Vanessa, que termina a mensagem com um pedido de desculpas.

"Acredito que todas nós somos mais do que palavras, somos a soma dos nossos actos e intenções. Eu vou continuar a partilhar o meu dia-a-dia com quem estiver desse lado e sempre que errar, sempre que sentir que não me expressei da melhor forma, voltarei aqui para pedir-vos desculpa", esclarece.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.