Seis meses depois, a ModaLisboa volta a apresentar as propostas de vários designers — mas a 55ª edição será diferente de todas as outras já que acontece em plena pandemia de COVID-19. As regras vão mudar e existem muitas novidades. A primeira começa efetivamente pelo número de dias do evento. Antigamente com quatro dias, esta edição conta com cinco e acontece entre 7 e 11 de outubro, de quarta-feira a domingo.

Também os moldes em que vai acontecer o evento serão diferentes. Para já vai haver uma componente digital e outra presencial com uma lotação “extremamente limitada”. Em vez da típica sala de desfiles, o evento vai tomar lugar no exterior no Parque Eduardo VII e só vai acontecer durante o dia — uma novidade, uma vez que nas anteriores edições os desfiles mais badalados aconteciam de noite. Já no campo digital, a ModaLisboa vai lançar uma nova app, com uma inovadora app tv, e o site modalisboa.pt será reforçado com uma “grandiosa parceria com a Altice”. Tudo isto será de acesso livre e gratuito.

Outra novidade nesta edição será que os designers não terão de se cingir a uma estação e poderão apresentar propostas intemporais. “Que se respeite o ritmo de cada designer, não impondo estação e criando plataformas de total liberdade criativa de construção e apresentação. Que nos lembremos sempre que estes mesmos designers viram duas estações do seu trabalho ser arquivadas por uma pandemia e que por isto, por eles, e por todas as outras pessoas que trabalham em Moda, em cultura, em arte, é imperativo continuar”, pode ler-se no comunicado enviado pela ModaLisboa.

ModaLisboa. Os looks mais “Eu visto-me como eu quero e ninguém tem nada com isso”
ModaLisboa. Os looks mais “Eu visto-me como eu quero e ninguém tem nada com isso”
Ver artigo

Tradicionalmente, outubro seria o mês em que se conheceriam as propostas para as estações mais quentes — mas este ano não há temporadas e os designers são livres de apresentar as propostas para as estações que entenderem. A única coisa que falta saber é o calendário oficial e perceber em que dias os designers irão apresentar as suas coleções.

O plano agora elaborado poderá sofrer alterações conforme a evolução da pandemia em Portugal, explica Manuela Oliveira, coordenada do gabinete de imprensa e comunicação da ModaLisboa, ao “Observador”. “No fundo, temos vários planos que podem ser acionados, até porque pode tudo mudar a partir de dia 15 de setembro, com a entrada em vigor das medidas de contingência anunciadas pelo Governo. Neste momento, o plano foi delineado com as regras vigentes. A partir daqui, vamos acompanhar diariamente a evolução das diretrizes das autoridades e da própria pandemia”, explicou.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.