A minissaia revolucionou o vestuário feminino nos anos 60 e 70 – e, como sempre, voltou a ser tendência mais tarde, acabando por ter uma grande expressão nos anos 90 e 2000. Lembra-se da minissaia de ganga que Christina Aguilera usou nos VMAs de 2002? É exatamente dessa vibe que estamos a falar.

Anos 2000, são vocês? Lábios brilhantes e com gloss estão de volta — e há um a enlouquecer o TikTok
Anos 2000, são vocês? Lábios brilhantes e com gloss estão de volta — e há um a enlouquecer o TikTok
Ver artigo

Tendo em conta que todas as tendências dessa época estão a ressurgir, esta peça voltou a conquistar o grande público, graças a nomes da indústria da moda, como a marca Miu Miu. Contudo, não é uma minissaia qualquer: é um modelo extremamente curto, de cintura descida (sim, porque este fitting também voltou a ser tendência) e, por vezes, com direito a algumas pregas. E já várias celebridades e influenciadoras adotaram este novo estilo.

Além da saia, há um artigo de calçado, também popularizado pela marca de Miuccia Prada, que está a intrigar a Internet: sabrinas que fazem lembrar sapatilhas de ballet. Não sabemos como, mas a tendência, intitulada “balletcore”, está cada vez mais viral – e tem reunido vários adeptos.

Ainda que esteja a causar alguma discórdia nas redes sociais, há quem acredite que consegue montar um look e fazê-lo funcionar devidamente, recorrendo a este género de sapatos. Há de todas as formas – com ou sem fivelas, saltos ou rasos, das cores neutras às mais garridas.

As marcas de fast fashion têm sido cada vez mais rápidas a reproduzir as tendências levadas a cabo pelas grandes casas de alta-costura. Por isso, se achou que incluir-se nesta estética lhe iria custar os olhos da cara, veja as alternativas que a Zara tem para si.

Espreite a fotogaleria.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.