Preparamo-nos para fechar mais um ciclo. E, como qualquer viragem, é tempo de balanços.

O mundo mudou e nós mudamos com ele. A tecnologia evoluiu a um ritmo descontrolado e com ela vieram coisas boas e coisas más. Do lado positivo, destaca-se o acesso à informação e a possibilidade de se contactar com quem está distante. Do lado mau, a questão das fake news e dos dados, que nos trouxeram problemas capazes de interferir com o rumo político de países, das suas populações e respetivas relações internacionais.

Na última década, vimos a ascensão de figuras controversas ao poder, figuras que proferem frases como "grab them by the pussy" ou "eu não te estupro porque você não merece".

Mas também começámos a ouvir a voz das exigências pela igualdade de género, capazes de punir quem desrespeitou e ignorou os direitos dos outros. Vimos calamidades ambientais, mas também vimos o ativismo a ganhar cada vez mais terreno. Vimos violência, muita violência, na forma de atentados e de tiroteios que tiraram a vida a um número aterrador de pessoas.

Em 20 perguntas, relembramos 20 momentos marcantes da última década, no panorama nacional e internacional.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.