Segundo um estudo realizado pela Direção Geral de Saúde, mais de 3% da população mundial sofre de ansiedade. O problema está a ser discutido em cafés, debates e por especialistas — mas continuamos sem conseguir diagnosticar os sintomas que indicam que sofremos de ansiedade. Se não se sente bem e acha que pode ser vítima deste problema, faça o teste e descubra.

A ansiedade nem sempre é um problema. Em quantidades comedidas, pode ser útil para identificar situações de perigo e funciona como um estimulante. O problema chega quando a sentimos em excesso. E segundo a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), entre 2004 e 2009, observou-se um crescimento de 25,3% no consumo de ansiolíticos, hipnóticos, sedativos e antidepressivos em Portugal.

9 coisas que aprendi com a minha ansiedade e ataques de pânico
9 coisas que aprendi com a minha ansiedade e ataques de pânico
Ver artigo

A ansiedade manifesta-se das mais diferentes formas e os sintomas são diferentes — o consumo de álcool, drogas, chá, café, tabaco e alguns medicamentos podem estar associados a crises de ansiedade. Estas 10 questões foram feitas com base na informação do site Health Wise e da Clínica da Mente. Classifique a frequência com que sentiu estas situações nas últimas duas semanas e descubra em que nível está a sua ansiedade.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.