Pode parecer apenas mais um videojogo. Mas a ideia aqui não é fintar nenhum adversário no jogo, mas sim na vida real — o cancro do testículo.

Foi com esta finalidade, a de alertar os jovens para importância do diagnóstico precoce e para a realização do autoexame do cancro do testículo, que vários jogadores de eSport (campeonatos profissionais de videojogos) portugueses se juntaram numa campanha criada pela agência Havas Portugal. Sob o conceito "Real life tutorial", vários jogadores conhecidos a nível nacional criaram conteúdos nas diversas redes sociais nos quais anunciam a explicação, através de movimentos feitos com os joystick, de uma nova jogada.

No final, os jovens são convidados a repetir aqueles movimentos no seu próprio corpo, de forma regular, e que, caso encontrem alguma alteração, contactem os seus médicos.

O jogo aqui é, na verdade, um alerta para o rastreio do cancro do testículo, que afeta maioritariamente jovens entre os 15 e os 35 anos — numa incidência de 100 a 200 novos casos por ano no País. Ainda assim, quando detetada a tempo, esta é uma doença apresenta uma taxa de cura superior a 90% .

Luís Abranches Monteiro, médico urologista e presidente da Associação Portuguesa de Urologia, explica que esta iniciativa foi essencial para chegar a um público mais jovem.

MyJourney. Esta app dá apoio a quem não realizou o sonho de ter um filho
MyJourney. Esta app dá apoio a quem não realizou o sonho de ter um filho
Ver artigo

"É  importante alertar os miúdos e jovens adultos para a importância de conhecer a sua anatomia para que um dia, caso alguma coisa esteja diferente, não se assustem, mas que tenham em atenção que pode ser um tumor e que o ideal seria ir o mais rapidamente possível ao médico", afirma o especialista à MAGG.  "É que estes casos, quando detetados relativamente cedo, praticamente 98% deles são curáveis", acrescenta.

Segundo o especialista, esta é uma patologia que, à partida, tem sinais silenciosos, visto que não causa dor. Além disso, só é possível detetar uma anomalia quando se verifica algum nódulo ou irregularidade visível e palpável. "Por não causar dor, muitas vezes as pessoas acabam por desvalorizar. Conhecer a sua anatomia é essencial e, se for preciso, irem também ao médico de família para ir vigiando", realça.

Luís Abranches Monteiro considera que comparar a "pesquisa palpatória dos testículos aos movimentos feitos com os joystick das consolas" é uma ideia interessante até como forma de "desdramatizar o assunto" e mostrar que "tomar atenção à sua anatomia deve ser encarado como uma coisa natural da vida tal como jogar nas consolas".

Da iniciativa fazem parte nomes como PedroTim23, Tuga810 atual 19º melhor jogador de FIFA e número 1o Português na plataforma da Ps4—, Marley 1904, Meck 90, Psylocke22, Daizer e Ric Fazeres. Os vídeos de sensibilização estão disponíveis nos respetivos canais de cada gamer.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.