Portugal tem um novo hotel, mais precisamente na zona de Benfica, em Lisboa. Não tem piscinas infinitas, camas dossel ou panquecas ao pequeno-almoço, mas tem todas as comodidades de que as plantas precisam. É que este hotel é apenas para plantas, que ficam ao cuidado dos anfitriões enquanto os donos vão de férias, tal como acontece com os hotéis para animais de estimação.

O primeiro hotel para plantas no País faz parte do projeto PLANTOME, criado por pai e filho: Nuno, 49 anos, arquiteto paisagista, com gosto por plantas desde sempre e vasto amplo conhecimento técnico, botânico e artístico, e André Mota, 22 anos, formado em design e conhecedor do universo botânico graças ao pai.

Nuno e André Mota
Nuno e André Mota créditos: divulgação

A marca PLANTOME integra desde o início uma loja de plantas de interior e acessórios e também dois tipos de serviços: plant styling, isto é, decorar um espaço com plantas e arquitetura paisagista, que consiste na conceção de qualquer jardim exterior ou interior. O hotel é a mais recente aposta, que surge na altura certa.

"A ideia foi criar um espaço para as pessoas deixarem as suas plantas quando não podem cuidar delas. Por exemplo, agora neste contexto de férias de verão. É um espaço diferente de um hotel para pessoas, não tem casa de banho e cama como as pessoas precisam, mas é um sítio onde as plantas vão poder estar, em prateleiras, mesas, a serem vigiadas, cuidadas, regadas e podadas, sempre que for preciso, por uma equipa que estará diariamente com elas para que tenham todos os cuidados de que precisam na ausência dos donos", explica André à MAGG.

Hotel para Plantas
Hotel para Plantas créditos: divulgação

Ao chegarem ao hotel, além do check in, as plantas são submetidas a uma análise para perceber se estão saudáveis. "Se não o fizéssemos, poderíamos correr o risco de doenças passarem de umas plantas para as outras", diz o co-responsável pela PLANTOME. É pouco provável que durante a estadia as plantas ganhem uma praga, refere André, mas se tal acontecer, a equipa composta por cinco pessoas fará "todos os possíveis para contornar a situação".

A ideia do hotel para plantas é não deitar por terra todo o esforço que os donos têm ao longo do ano para manter as plantas saudáveis, havendo assim sempre alguém de olho.

"Muitas pessoas que falam connosco têm dificuldade em cuidar das plantas quando vão de férias e têm muita pena porque às vezes quando voltam a planta morreu ou está em muito mau estado. É claro que há quem tenha amigos ou familiares que podem ir a casa regar as plantas, mas é sempre diferente", refere André.

As plantas são a nova tendência de decoração, mas nem todas devem entrar em casa. Revelamos quais
As plantas são a nova tendência de decoração, mas nem todas devem entrar em casa. Revelamos quais
Ver artigo

Pode levar para o hotel apenas uma hóspede, que dependendo do tamanho fica na tipologia de alojamento S, M, L e XL (desde 5€ por semana), ou várias, que neste caso ficarão na suite A, B e C (25€ por semana), como é o caso do conjunto de cinco plantas S e uma M.

O hotel vai funcionar apenas durante o verão, de 15 de julho a 2 de setembro, meses que servirão para testar a iniciativa, que poderá repetir-se mais vezes.

No entanto, não fará tanto sentido ter o serviço de hotel a funcionar durante o inverno, uma vez que "nas férias de inverno e Natal, como o clima é muito mais húmido, as plantas também sobrevivem mais facilmente", explica André.

Hotel para Plantas

Localização: Rua Roberto Duarte Silva, n.º 2A, 1600-200 Lisboa
Contacto: +351 21 134 8657/ geral@plantome.pt
Online: Instagram; site 

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.