Depois de uma semana de testes, a nova ferramenta Canais no WhatsApp já começou a ganhar popularidade. Lançada na quarta-feira, 13 de setembro, esta funcionalidade da aplicação serve para os utilizadores receberem informações importantes sobre tópicos do seu interesse, como funcionam por exemplo os canais de transmissão no Instagram ou na aplicação Telegram.

Nova funcionalidade do WhatsApp já chegou a Portugal (e torna a app ainda mais personalizada)
Nova funcionalidade do WhatsApp já chegou a Portugal (e torna a app ainda mais personalizada)
Ver artigo

Segundo o site do WhatsApp, o objetivo da aplicação é criar o serviço de mensagens partilhadas mais privado no mercado. Ou seja, os canais que segue estão separados das suas conversas normais, e nenhuma outra pessoa conseguirá ver quem é que segue nesta ferramenta. O serviço, que está ativo em 150 países, já conta com os canais de várias caras conhecidas, como Olivia Rodrigo, Anitta e Mark Zuckerberg.

A utilização é simples: basta ir a “atualizações”, no canto inferior esquerdo, e adicionar os canais que pretende seguir. Se a escolha automática da aplicação não tiver quem lhe agrade, basta clicar em “procurar canais”. Nesta janela, conseguirá ver todos os que têm um canal de transmissão, quem é mais ativo e que são os mais populares.

Top10

Nestes canais de transmissão também é possível reagir às mensagens dos criadores. Assim como acontece no Instagram, o seguidor pode responder à atualização consoante os emojis disponíveis, sem que os outros utilizadores saibam quem é que reagiu.

Canais de clubes de futebol, artistas e meios de comunicação social são os mais populares e ativos desta nova ferramenta. No entanto, esta funcionalidade ainda é nova, e o top poderá mudar a qualquer altura. De momento, o canal do clube de futebol Real Madrid lidera a tabela, com 12,4 milhões de seguidores.

Ao clube espanhol juntam-se mais três clubes de futebol, a organização de artes marciais UFC, UNICEF e o canal de transmissão da MotoGP, a categoria máxima do motociclismo. Dentro do top 10, apenas três canais são de pessoas singulares.

É o caso de Mark Zuckerberg, dono da Meta, empresa que engloba a aplicação WhatsApp. O empresário aparece em quarto lugar com 6,6 milhões de seguidores, e é também um dos mais ativos da plataforma. Em segundo lugar, logo depois do Real Madrid, temos Katrina Kaif, modelo e atriz de filmes de Bollywood. Katrina apareceu em vários filmes indianos, principalmente na indústria do cinema hindi.

WhatsApp já permite silenciar chamadas de desconhecidos (e escapar às fraudes). Veja como funciona
WhatsApp já permite silenciar chamadas de desconhecidos (e escapar às fraudes). Veja como funciona
Ver artigo

Em sexto lugar, e a última pessoa singular do top10, está Akshay Kumar. Este ator, realizador e ex-modelo da Índia de 56 anos já apareceu em mais de 125 filmes e conquistou mais de 50 prémios. A "Forbes" chegou a incluir Kumar na sua lista de celebridades mais bem pagas do mundo de 2015 a 2020.

No entanto, é de realçar que nem todos têm a possibilidade de criar estes canais de transmissão. A introdução desta funcionalidade não surgiu em simultâneo para todos, sendo que a experiência começou apenas em 10 países, e só depois é que expandiu. Se quiser criar um canal, tem de esperar até que esta funcionalidade esteja ativa no seu país, mas não deverá demorar muito. “Nos próximos meses, também vamos tornar possível a qualquer pessoa criar um canal”, lê-se no site oficial do WhatsApp.

Espreite o top 10 dos canais de transmissão do WhatsApp

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.