O Sexo e a Cidade terminou em 2004 com o final mais do que previsível: Carrie Bradshaw (Sarah Jessica Parker) e Mr. Big (Chris Noth) acabaram juntos, e o namorado que adorava a cronista mais conhecida de Nova Iorque, Aidan Shaw (John Corbett), ficou com o coração aos pedaços.

Mas o que é que levou a autora da série a escolher este final? Carrie já tinha namorado com Mr. Big, já sabia que com ele nunca estava segura, era infeliz, estava sempre ansiosa, e finalmente tinha encontrado um homem decente, que a amava, e com quem estava bem e feliz. Até reaparecer o ex e virar-lhe a vida do avesso novamente. Afinal, por que é que Carrie não ficou com Aidan e voltou para Mr. Big?

Ana Garcia Martins comenta mala-pombo de Sarah Jessica Parker. "Ridículo. Achei que era embalsamado"
Ana Garcia Martins comenta mala-pombo de Sarah Jessica Parker. "Ridículo. Achei que era embalsamado"
Ver artigo

Em declarações à revista Us Weekly, a autora da série, Candace Bushnell, revelou finalmente a razão. E é um bocadinho rebuscada, mas pronto. Então, Carrie Bradshaw nunca poderia ficar com Aidan, porque a mãe da autora o odiava. Verdade. A razão é esta: a mãe de Candace Busnell não gostava de Aidan, por isso, Carrie nunca poderia terminar com ele. A autora acabou por aceder aos pedidos insistentes da mãe, e terminou o romance entre Carrie e Aidan. A mãe da autora nunca sentiu que Aidan fosse a pessoa indicada para Carrie.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.