No arranque das gravações da segunda temporada da série "And Just Like That", sequela da saga "O Sexo e a Cidade", Sarah Jessica Parker usou um acessório peculiar. Uma clutch em forma de pombo feita com tecnologia de impressão 3D. O acessório, uma criação da JW Anderson, custa 899€, estando atualmente esgotada no site da marca .

Sarah Jessica Parker
créditos: Instagram

Porque gostos discutem-se e também se debatem, a MAGG procurou a opinião de uma das maiores fãs portuguesas de "O Sexo e a Cidade", a influenciadora digital Ana Garcia Martins. Pouco impressionada com o novo acessório de Carrie Bradshaw (personagem interpretada por Sarah Jessica Parker), A Pipoca Mais Doce admitiu que, numa primeira impressão, pensou tratar-se de "um pombo embalsamando". "Pensei 'por que raio é que alguém anda com um pombo na mão?'. Quando percebi que era uma clutch, a coisa melhorou um bocadinho (do género 'ufa, pelo menos não anda a passear um pombo morto'), mas passei só a achar ridículo".  Amante de moda e também ela criadora de tendências, Ana Garcia Martins garante que esta não será uma que irá seguir. "Até porque detesto pombos."

Já vimos o primeiro episódio de "And Just Like That" e ainda estamos de coração partido
Já vimos o primeiro episódio de "And Just Like That" e ainda estamos de coração partido
Ver artigo

Quer amemos, quer odiemos, muitas tendências nascidas nas passerelles acabam, passado algum tempo, nas prateleiras das grandes cadeias de fast fashion. E Ana Garcia Martins acredita que é bem possível que isso aconteça com a clutch-pombo de Sarah Jessica Parker. "De uma forma geral, tudo o que é caro, trendy e/ou ridículo tende a ser reproduzido pelas marcas mais acessíveis, por isso não me admira nada que, daqui a um par de dias, a Zara já tenha a sua própria versão. Pode não ser exatamente um pombo, talvez um esquilo, um dinossauro bebé... o céu é o limite."

"O que elas vestem para ir comprar pão, nós usaríamos para um jantar de gala"

Aquando a estreia, em 1998, "O Sexo e a Cidade" provocou um terramoto, não só na indústria televisiva, como também na cultura pop e na moda. As tendências foram e voltaram, ao longo de quase duas décadas e meia mas, para Ana Garcia Martins, há uma constante, pelo menos no que toca ao estilo da protagonista da série. "Sempre foi muito desajustado à "vida real", mas também por isso era tão apelativo. Queríamos sempre ver os looks da Carrie. Mas, passados 20 anos, já deixámos o deslumbramento um bocadinho de lado", explica a influencer.

A Pipoca Mais Doce tem uma visão ainda mais desassombrada relativamente aos visuais usados por Sarah Jessica Parker na sequela "And Just Like That". "Pessoalmente, acho os looks super exagerados, pouco práticos e muito pouco traduzíveis para a vida de todos os dias. Já não sinto o encanto de antes, fico só a pensar 'porque é que ela está de saltos altos e cabelo arranjado a pintar uma parede?'. Se antigamente sentíamos algum tipo de identificação com aquelas amigas — mesmo que vivessem em Nova Iorque e tivessem um estilo de vida completamente diferente e inacessível —, agora olhamos e pensamos que há ali alguma falta de noção e muita falta de contacto com as mulheres reais. O que elas vestem para ir comprar pão, nós usaríamos para um jantar de gala", reflete.

Pedimos a Ana Garcia Martins para eleger os looks mais icónicos da protagonista de "O Sexo e a Cidade". Percorra a galeria abaixo e veja as escolhas da influenciadora digital.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.