Terminada a primeira semana de "O Amor Acontece", Catarina e Tiago decidiram não dar uma oportunidade ao amor. Em conferência de imprensa, esta segunda-feira, 12 de julho, ambos descrevem a participação no programa da TVI como uma experiência "única" e afirmam que voltavam a repetir, mas Tiago gostava de experimentar outros formatos.

"Em termos de experiência social, eu voltaria e quero voltar. Quero participar no 'Big Brother' porque é mais o meu estilo. Este género não é bem o meu estilom porque eu sou mais de ser amigo e de me dar bem com as pessoas, estar num grupo e liderá-lo", explica o jovem de 24 anos. Apesar de não revelar se tenciona inscrever-se no próximo "Big Brother", afirma: "Se houver essa proposta, vou claramente aceitar."

"O Amor Acontece". Saiba quais os casais que vão dar uma chance ao amor (e os que não)
"O Amor Acontece". Saiba quais os casais que vão dar uma chance ao amor (e os que não)
Ver artigo

Quanto aos quatro dias que passou com Catarina na casa da praia, Tiago refere que este tempo não é suficiente para conhecer a pessoa, contudo diz ser demasiado "para um primeiro date". "Tudo o que faço normalmente foi diferente. Quatro dias é muito para um primeiro 'date' e o amor nunca poderá acontecer, pelo menos para mim", disse em conferência de imprensa referindo que não vê qualquer benefício nos quatro dias.

"O facto de estar quatro dias com a mesma pessoa 24 sobre 24 horas não permite conhecer a realidade do que ela é cá fora. Os espaços e as distâncias é que permitem conhecer bem alguém e o seu dia a dia real. [No programa] ela vai logo mostrar uma faceta diferente por estar saturada de estar ao pé de ti", continua.

Catarina e Tiago
créditos: TVI

Apesar de terem sido apenas quatro dias, houve tempo para alguns conflitos na casa da praia. Depois de Tiago ter afirmado que gostava que Catarina se vestisse ao seu gosto (situação que gerou polémica nas redes sociais), o pior aconteceu quando o concorrente decidiu mexer no telemóvel da jovem de 21 anos.

"Isso foi um bocado complicado, toda a gente sabe. Acho que há que respeitar o espaço e a privacidade do outro. Dizem que nos temos de moldar à outra pessoa, mas acho que isso não deve acontecer se vimos que a nossa privacidade e o nosso nível de respeito está a ser invadido", disse Catarina em conferência de imprensa, referindo que foi o que sentiu quando Tiago decidiu mexer no seu telemóvel.

Tiago comenta roupa de Catarina. "Queria muito que ela se vestisse como eu gosto"
Tiago comenta roupa de Catarina. "Queria muito que ela se vestisse como eu gosto"
Ver artigo

Já Tiago afirma que não o fez propositadamente para ver nenhuma mensagem, mas porque tinha o  telemóvel sem bateria e não havia mais nenhum na casa. Ainda assim, o lisboeta diz que ao fim de quatro dias (tempo que descreve como equivalente a três ou quatro meses "cá fora"), já se aceita certo tipo de atitudes.

"Ao fim de quatro dias, supostamente, já estamos a assumir que aceitámos todas as fases que passaram antes. Numa relação, ao fim de três ou quatro meses não pode haver esse medo da pessoa ver as mensagens, porque se houver é porque existe algo mau. O propósito do programa é duas pessoas sentirem-se já como um casal ainda sem se conhecerem, então temos de agir como um casal. Eu estava a agir como um casal e acho que  fiz o meu papel", afirmou Tiago, revelando não estar arrependido da atitude.

Apesar de terem gostado da experiência, ambos consideram que não havia hipótese de formarem o casal ideal. "Eu e o Tiago tínhamos características parecidas e acho que foi por isso que nos decidiram juntar, mas eu sou uma pessoa mais calma e reservada e o Tiago leva tudo muito rápido", descreveu Catarina.

Quanto à relação que mantém com Tiago depois da experiência, a jovem considera que "nem é boa, nem má". "Somos colegas de um reality", disse.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.