A Netflix anunciou esta quinta-feira, 10 de setembro, a primeira série original portuguesa. O anuncio foi feito nas redes sociais oficiais da Netflix Portugal.

“Glória” foi o nome escolhido para o novo projeto que tem argumento original de Pedro Lopes, um dos autores da série “Auga Seca” e que conta com Tiago Guedes —  que dirigiu “A Herdade”, em 2019 —  como realizador.

A série decorre nos anos 60, no auge da Guerra Fria, na pequena aldeia da Glória do Ribatejo, onde se situa a RARET — o centro de transmissões americano que emite propaganda Ocidental para o Bloco de Leste. "João Vidal, um engenheiro de famílias ligadas ao Estado Novo, mas recrutado pelo KGB, vai assumir várias missões de espionagem de alto risco que podem mudar o curso da história portuguesa e mundial", descreve a Netflix em comunicado.

"Glória", que já começou a ser gravada na região do Ribatejo e em Lisboa, é uma produção original da Netfilx com a SPi — do Grupo SP Televisão —  e coprodução da RTP. O  elenco conta com atores bastante conhecidos do público português como é o caso de Miguel Nunes, Carolina Amaral, Victoria Guerra, Afonso Pimentel, Adriano Luz, Joana Ribeiro, Marcelo Urgeghe, Sandra Faleiro, Carloto Cotta, Maria João Pinho, Inês Castel-Branco, Rafael Morais e Leonor Silveira.

Netflix divulga as 10 séries mais vistas em 2020. Uma delas estreou em 2003
Netflix divulga as 10 séries mais vistas em 2020. Uma delas estreou em 2003
Ver artigo

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.