Com a guerra na Ucrânia a dominar quase por completo a atualidade noticiosa, os canais informativos portugueses e a CMTV ocupam as respetivas grelhas de programação com especiais dedicados ao conflito no leste da Europa.

A MAGG analisou as audiências dos três canais de informação (RTP3, SIC Notícias e CNN Portugal) e também da CMTV (considerada um canal generalista) desde o início do conflito, 24 de fevereiro, até esta quinta-feira, 3 de março.

Na média dos oito dias, a SIC Notícias registou uma quota de mercado de 4,19%. A RTP3 registou um share de 2,1%, a CNN Portugal 6,2% e a CMTV 5,7%.

Embora ainda faltem três dias para fechar a nona semana de 2022, já é possível estabelecer comparações entre esta semana, em que a atualidade foi totalmente dominada pelo conflito e a semana anterior (oitava semana do ano, entre 21 e 27 de fevereiro).

Ansiedade em tempo de guerra: como gerir e controlar. Falámos com uma psicóloga
Ansiedade em tempo de guerra: como gerir e controlar. Falámos com uma psicóloga
Ver artigo

Nesta comparação, o canal que regista a maior subida é a CNN Portugal (de 4,8% de share para 6,4%). Segue-se a SIC Notícias (de 3,5% de quota de mercado para 4%) e, depois, a RTP3 (de 1,9% de share para 2%). A CMTV registou uma queda nas audiências (de 5,2% para 4,6%).

Na média do ano, a CNN Portugal é o canal de notícias líder (2,6% de share), seguido da SIC Notícias (2,3%) e da RTP3 (1,4%). A CMTV regista 4,4% de share na média de 2022 e é o canal mais visto do cabo em Portugal.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.