O ator Lourenço Ortigão não terá renovado o contrato de exclusividade com a TVI, que acaba em junho deste ano, num valor de mais de 12 mil euros mensais. O ator de "A Prisioneira", a última novela da qual fez parte na TVI, já terá informado, por escrito, a administração da empresa da estação de Queluz de Baixo da intenção de sair, de acordo com a revista TV Guia desta semana, que cita uma fonte do canal.

"É verdade. O Lourenço quer sair da TVI e já o fez saber, oficialmente, a quem de direito", revela. A fonte diz que o ator "está magoado com a falta de oportunidades, depois das promessas que lhe fizeram" e adianta ainda que não foi uma das apostas de Cristina Ferreira, atual diretora de entretenimento e ficção da TVI.

Portugal está na final da Eurovisão 2021. Veja o vídeo da atuação dos The Black Mamba
Portugal está na final da Eurovisão 2021. Veja o vídeo da atuação dos The Black Mamba
Ver artigo

Ainda não se sabe o que Lourenço Ortigão fará no futuro, mas a mesma fonte reforça apenas que "para já, o primeiro passo é sair da TVI", pode ler-se.

O ator está há 12 anos no canal, em contrato de exclusividade, depois de se ter estreado como protagonista na série "Morangos com Açúcar", em 2009.

Recorde-se que, da TVI, também saíram nos últimos meses as apresentadoras Fátima Lopes e Isabel Silva. Recentemente, Fátima Lopes falou sobre a saída da estação de Queluz de Baixo numa entrevista à MAGG na qual revela que a "saída da TVI foi uma enorme oportunidade" para poder trabalhar mais a sua "humildade".

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.