A nova novela da SIC estreou-se esta segunda-feira, 7 de março, na antena da estação de Paço de Arcos. "Por Ti" chega com um elenco de luxo, uma continuação da aposta da ficção no interior do País (contrariando a ação das novelas nas grandes cidades, um modelo que existiu durante décadas) e uma dupla de protagonistas estreantes, pelo menos na SIC — esta é a primeira novela de Lourenço Ortigão no canal (depois de romper a sua ligação com a TVI), e também a estreia de Filipa Areosa como protagonista.

E como é que este casalinho se safou? Já lá vamos, mas importa começar com um ligeiro contexto. Em "Por Ti", cuja ação se desenrola nas duas margens do Rio Meandro, com toda uma rivalidade entre a Aldeia Velha e Aldeia Nova (semelhanças com as míticas Villariba e Villabajo do anúncio do Fairy dos anos 90 são puras coincidências), aquilo que vai agitar as águas será a construção de uma barragem por uma grande empresa com intenções duvidosas — ou não fosse o local onde encontramos Renata Jones (Rita Blanco) pela primeira vez um cemitério, ao pé da campa da mãe, com toda uma envolvência de vingança na cena.

"Por Ti". A nova novela da SIC que tem a construção de uma barragem no centro da polémica
"Por Ti". A nova novela da SIC que tem a construção de uma barragem no centro da polémica
Ver artigo

Ficamos a saber perto do final do primeiro episódio que a rivalidade entre as aldeias não será para durar muito, até porque uma delas tem os dias contados — ou mesmo as duas? —, dado que é esperado que a Aldeia Velha possa ficar submersa com a construção da barragem. Quem fica surpreendido com tudo isto é Afonso (Lourenço Ortigão), um engenheiro civil da terra e filho do presidente da junta, que regressa a Rio Meandro para participar da obra da barragem e cedo descobre que pode contribuir para o desaparecimento da sua própria terra. Drama, drama, drama.

Ainda antes de tudo isto, e porque uma novela não se faz de betão, mas sim de muitas intrigas e amor, Mia (Filipa Areosa) e Afonso conhecem-se no caminho para Rio Meandro, quando o jovem engenheiro ajuda a stressada advogada depois de esta ter um ligeiro acidente de carro. Começa-se logo a antever toda uma ligação, que não será fácil graças à rivalidade dos pais do casalinho — um Romeu e Julieta aqui de Rio Meandro, no fundo.

De um lado, Rui e Helena Guerreiro (Luís Esparteiro e Sandra Faleiro), presidente da junta e médica da Aldeia Velha (#powercouple lá do sítio), os pais de Afonso. Todo um ódio de estimação aos habitantes da Aldeia Nova que, segundo Helena, deixaram a aldeia para morrer, e fiel defensora que foram as pessoas da Aldeia Velha a reavivar Rio Meandro.

Por Ti

No outro canto do ringue, Paulo e Mónica Amado (João Reis e Dalila Carmo), proprietários da Loja Bio, pais de Mia e a viver na Aldeia Nova há um ano, cientes de que foram os novos habitantes a reavivar esta margem do rio.

Ninguém gosta da ideia de ver Mia e Afonso juntos, e ainda nem sabem da barragem. Como diz Eugénio Pereira (José Raposo) logo na primeira cena, tudo vai mudar em Rio Meandro — sentiram a vibe de desgraça, quase na lógica de "o Ramalhete sempre foi fatal aos Maias"? Credo, o arrepio.

Mas, infelizmente, houve mais coisas a causar arrepios. Estivemos atentos à estreia de "Por Ti" e dizemos-lhe o bom, o assim-assim e o mau. Preparado?

O bom

O elenco de luxo

Ele é Fernando Luís, José Raposo, Alexandre Lencastre. Ele é Luís Esparteiro, Sandra Faleiro, Dalila Carmo e João Reis. E vamos falar sobre Rita Blanco, que se adivinha a grande vilã da trama, com planos para submergir aldeias e toda uma sede de vingança, com direito a flashbacks misteriosos e tudo?

Por Ti

Não faço ideia se "Por Ti" será demasiado pequena para tantas cabeças de cartaz, mas lá que está bem apetrechada, está.

Remember "Super Pai"

Entre 2000 e 2003, Vasco e Isabel deixaram um País a torcer por um final feliz enquanto o viúvo e pai de três filhas se apaixonava pela governanta na série da TVI "Super Pai". Mais de 20 anos depois, Luís Esparteiro e Sandra Faleiro voltam a ser um casal na novela da SIC e temos a dizer que os anos passaram bem por esta dupla. A química continua lá e acreditamos mesmo estar perante um casal cúmplice e apaixonado.

A ação em Rio Meandro

É um facto que se trata de uma zona fictícia do País, mas é de aplaudir esta mudança a que estamos assistir na ficção nacional, de deixar de lado a ação nas grandes cidades e focar outras regiões do interior. Portugal é muito mais do que Lisboa, Porto e o Algarve no verão, mas durante décadas não vimos isso na televisão. E vá, ao menos esta não se passa na Serra da Estrela, para variar um bocadinho.

Os botins de Mia

Por Ti

Durante grande parte das cenas de Filipa Areosa neste primeiro episódio, não conseguimos tirar os olhos dos botins da advogada. Alguém nos diga quanto custam, de onde são e onde é que os podemos arranjar. Mais: uma palavra de apreço para a equipa de guarda-roupa, que isto aqui está um trabalho que sim senhor. Juntem aos botins o trench coat de Dalila Carmo e o vestido de Paula Lobo Antunes (Constança Melchior) e está o look feito.

O assim-assim

Estamos a ver as mesmas personagens há quantos anos mesmo?

Dânia Neto e João Baptista são bons atores, disso não há dúvida. Mas há quanto tempo é que ambos estão presos ao mesmo estilo de personagens e quantas vezes é que já vimos João como o chico-esperto com ar de mauzão que é na verdade um coração mole, ou Dânia como a boazona algo burrinha que é sempre cabeleireira, ou empregada doméstica ou uma cabeça de vento que não faz nada?

Por Ti

Que ambos são bons neste registo, também já sabemos, mas talvez fosse hora de dar novos desafios aos dois e tentar colocar outros atores neste tipo de personagens. É que, caso contrário, já ninguém sabe se estamos a ver a Armanda e o Tó de "Por Ti", ou todo o outro rol de personagens que a dupla desempenhou em outras produções.

Falta de ritmo

Sabem aquela ideia de que os primeiros episódios de uma novela são sempre cativantes e prometem toda uma história que nos agarra, mesmo que no final da primeira semana já não tenhamos assim grande interesse? Pois, em "Por Ti", grande parte do primeiro episódio nem isso tem, e a falta de ritmo deixa que a nossa atenção resvale facilmente para o feed do Instagram.

Aproveita-se o desfile do elenco de luxo, a tempestade final, as cenas de Rita Blanco, o mistério sobre a barragem e a vingança da empresária, e pouco mais. Até a fuga das galinhas que pode (ou não) ter causado afogamentos e mortes é um cliffhanger da Wish, que não nos deixa assim tão aflitos. É esperar a ver se melhora.

O mau

A dupla de protagonistas

Há mais amor e ação entre o meu cão e a sua taça de água do que entre Mia e Afonso, o casal de protagonistas. A forma como se conhecem está preparada para ser aquele "meet-cute" (primeiro encontro ao acaso) das comédias românticas de domingo à tarde, com direito a um salvamento e uma boleia numa bicicleta, troca de experiências e até aquela vontade de voltar a ver o desconhecido que melhorou o dia.

Por Ti

O que temos é a boleia de bicicleta mais estranha de sempre, uma falta de cumplicidade visível que torna todos os diálogos forçados e uma vergonha alheia por nos venderem aquelas duas almas como casal. Mia e Afonso deviam causar borboletas na barriga um do outro, mas a coisa está mais para traças.

Repitam comigo: Alexandra Lencastre não nasceu para fazer de pobre

Vá, na verdade, a personagem da atriz, a professora Isabel Brito, está mais inserida naquilo que nos parece a classe média de Rio Meandro, mas tudo abaixo de pérolas, martinis ao fim da tarde e motoristas é pobre para Alexandra Lencastre. Queremos vê-la como vilã, rica que dói, a tratar mal o marido e toda a gente à sua volta (e sim, estamos a perceber a incoerência em relação ao ponto acima de Dânia Neto e João Baptista, mas vamos abrir aqui uma exceção).

Por Ti

Agora, Alexandra a sair de casa sem um salto agulha, a carregar as suas próprias malas e pastas, sem um agrupamento de empregados a ajudá-la numa grande mansão? Não gostámos.

"Por Ti" é transmitida na SIC de segunda-feira a sexta-feira à noite, a seguir ao "Jornal da Noite", e os episódios também estão disponíveis no Opto SIC (se for assinante da plataforma de streaming, consegue ver sempre um episódio ainda antes da estreia na televisão).

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.