Há oito anos que Sophie Turner dá vida a Sansa Stark. Enquanto se prepara para a temporada final de "A Guerra dos Tronos", a atriz tem refletido sobre as suas experiências de trabalho na série, especialmente no que toca à igualdade no local de trabalho.

Numa entrevista dada à revista britânica "Harper’s Bazaar", citada pela "Time", Sophie mostrou ser apoiante do movimento #MeToo, explicando que em todos os seus contratos faz questão de ter uma cláusula de inclusão — isso permite-lhe garantir que haverá igualdade salarial entre o trabalho feito por ela e pelos colegas homens.

Sophie Turner explica porque é que Kit Harington ganha mais do que ela em 'A Guerra dos Tronos'

Essa cláusula, no entanto, nem sempre garante um pagamento feito de igual forma. Kit Harington, por exemplo, que interpreta John Snow na série, recebeu mais dinheiro do que Turner. Explicando as nuances da situação, a atriz disse: "O pagamento igualitário é um pouco complicado. Kit ganhou mais dinheiro do que eu, mas tinha um guião maior”, disse Sophie. “E para a última temporada, ele tinha algo louco como 70 filmagens noturnas, sendo que eu não tinha muitas".

A atriz acrescentou ainda que é da opinião de que a mudança está a chegar no que diz respeito à disparidade salarial.

Newsletter

A MAGG é uma magazine para mulheres MAGGníficas. A MAGG faz um apanhado das mais estranhas que encontrámos nos sites das lojas.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma magazine para mulheres MAGGníficas. A MAGG faz um apanhado das mais estranhas que encontrámos nos sites das lojas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.