Durante o Extra do "Big Brother - A Revolução" desta terça-feira, 15 de setembro, os comentadores debatiam sobre a postura da concorrente Jéssica caso a mãe, Sandra, que está no posto do comando, entrasse na casa. Perante a hipótese, o comentador Pedro Crispim não se acanha nas palavras: "A mãe vai ser uma corta tusas".

Foi a apresentadora Maria Botelho Moniz quem colocou a questão "e se a mãe eventualmente entrar na casa", após os comentadores debaterem o comportamento de Jéssica, uma vez que têm notado alguma descontração da concorrente.

Na opinião de Marta Cardoso, a concorrente "é uma miúda que tem sido um bocadinho enclausurada e tem ali a oportunidade de finalmente estar sozinha e de fazer e dizer aquilo que lhe apetece". "Então antes que aquilo termine, 'deixa-me contar a minha história a toda a gente, falar sobre tudo com toda a gente, conhecer toda a gente, falar, falar, falar", diz, acrescentando que, apesar da postura de Jéssica, gosta da concorrente.

"BB - A Revolução": Pai de Carlos Aleluia sofre de transtorno bipolar. Rapper foi ameaçado de morte
"BB - A Revolução": Pai de Carlos Aleluia sofre de transtorno bipolar. Rapper foi ameaçado de morte
Ver artigo

Já Susana Dias Ramos, a neuropsicóloga de regresso às sessões do Extra, comenta: "Acho que ela está a divertir-se, a aproveitar as festas, a aproveitar para conversar, e acho que isso é muito bom". Foi no seguimento do comentário da especialista, que o "rei da bobagem" se lança com a expressão de que "a mãe vai ser uma corta tusas".

É que de facto, nos primeiros dias do reality show, temos assistido a um à vontade de Jéssica, bem como uma aproximação a Renato, o concorrente de 22 anos jogador de andebol. Exemplo dessa aproximação foi quando na festa que desta terça-feira à noite, 16, Renato canta para Jéssica e lança-lhe uma dica através dos versos de Pedro Abrunhosa na música "Tudo o que eu te dou".

BB - A Revolução Jéssica e Renato
Jéssica e Renato créditos: TVI

"Sentado na poltrona, beijas-me a pele morena", canta o concorrente e Jéssica atira "morena sou eu". Renato confirma: "É o que eu estou a dizer".

Perante esta aproximação, a mãe, Sandra, comenta com os colegas do posto de comando: "Não é logo ao terceiro dia fazer caldinhos. Ela não está a sentir-se nada bem com isso, porque não é daquelas miúdas 'ah, fui para lá para arranjar um namorado'. Ela é cantora, tem o restaurante dela, vocês não estão a ver os fãs que aquela miúda tem", diz, acrescentando que Jéssica sabe o que é ser amada.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.