Pedro Alves foi expulso pelos portugueses na gala deste domingo, 26 de julho, e abandonou a casa do "Big Brother" uma semana antes da grande final. Ana Catharina e Noélia foram salvas numa primeira fase e a decisão final acabou por ser entre dois kamikaze, Iury e Pedro Alves. O concorrente de Penafiel foi o que teve menos votos para ser salvo, com uma diferença significativa.

"BB2020". Diogo deixa Cláudio Ramos sem palavras com pergunta sobre Cristina Ferreira
"BB2020". Diogo deixa Cláudio Ramos sem palavras com pergunta sobre Cristina Ferreira
Ver artigo

Não se pode dizer que tenha sido uma surpresa a expulsão de Pedro Alves. O concorrente, namorado de Jéssica, já tinha estado muito perto da expulsão nos últimos programas, mas foi-se salvando. Desta vez, não teve grandes hipóteses e foi de longe o que reuniu menos votos para ser salvo. A noite começou com Ana Catharina a receber a notícia de que era a concorrente em quem mais portugueses tinham votado para lhe dar um passaporte para a final. Algum tempo depois foi a vez de Noélia ter direito ao mesmo presente. A decisão acabou por ficar entre Pedro Alves e Iury.

No final, Pedro Alves teve 47 por cento dos votos para ser salvo, Iury chegou aos 53 e salvou-se. A concorrente está assim na final, que será entre seis participantes: Diogo, Sandrina, Ana Catharina, Noélia, Soraia e Iury.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.