"Ao longo dos últimos dias, a Rita, o Fábio, a Ana Barbosa, recusaram-se a fazer missões ou desafios." Foi este o motivo da sanção aplicada pelo Big Brother, ao final da tarde de quarta-feira, 24 de novembro. "Por um, pagam todos", anunciou, revelando que iria retirar mil euros, por concorrente, ao prémio final — um total de 10 mil euros.

Depois de assumirem namoro, Ricardo e Joana chateiam-se (e em dose dupla)
Depois de assumirem namoro, Ricardo e Joana chateiam-se (e em dose dupla)
Ver artigo

Imediatamente, Joana interveio para mostrar a sua posição. "Não concordo. Também já tive que fazer coisas que não me sentia confortável com aquilo que estava a fazer. (...) Que saia dinheiro por eles, porque eu não tenho que pagar por aquilo que eles fazem." Em tom irónico, Ricardo sublinhou que "a vida da voltas". "Fui dizimado pela minha atitude que, realmente, retirou os 2.500 € ao prémio, agora vi que afinal isso acabou por acontecer com mais gente. Isto vai dar o ensinamento às pessoas que temos que ter alguma empatia."

Fábio também se mostrou chateado. "Não acredito que foi por causa destes três atos isolados. (...) Tenho a certeza que isto foi uma junção de tudo." O anfitrião da casa da Malveira discordou, ressalvando que foram três, "em tão pouco tempo". O jovem de Alfragide pediu desculpa aos colegas, mas garantiu que, se lhe fosse proposto, novamente, o mesmo desafio — passar o dia dentro de um caixote — não o faria. "Vai tudo contra os meus princípios e a minha maneira de estar. (...) Não me posso pôr dentro de uma coisa, sabendo que, no dia anterior, tinha nomeado duas pessoas dessa mesma situação."

Bruno achou o castigo justo, mas assegurou que nomearia a próxima pessoa que "não fizer alguma dinâmica por parte do Big, sem ter uma razão de força maior". "Se nós nos esforçamos da maneira como esforçamos para conseguir pôr ali 2 mil euros para, por este tipo de coisas, serem descontados 10 mil euros, o programa também não pode contar com concorrentes empenhados e com vontade de estar aqui." Em resposta ao arquiteto, o Big Brother alertou para o incumprimento das regras "básicas" do reality show.

Já Ana Barbosa, depois de tentar justificar o desânimo com a atividade que lhe foi proposta, arrependeu-se, desculpou-se aos companheiros, mas assumiu estar prestes a atingir o limite. "Estou bastante exaltada. (...) Estou super cansada, não tenho dormido, estou mesmo passada da cabeça. (...) Tudo o que vier, vai de frente para mim. Estou completamente fora da caixa." O desafio que a emigrante não cumpriu, consistia em fazer sobressair o lado negativo de Rui Pinheiro, um dos nomeados da semana, de modo a apelar ao voto no colega. Recusou-se a fazê-lo, dado que, na casa, todos sabiam que se tratava de uma missão.

Rita reconheceu que já fez "coisas muito mais difíceis" e também pediu desculpa por não ter imitado Fábio. "É uma coisa com que eu não consigo lidar, faz-me muita impressão. (...) Estar aqui colada à pessoa e não poder ser livre." Ao ouvir a explicação da companheira, António aconselhou-a a "sair da zona de conforto" para testar os seus limites.

À semelhança do que já aconteceu em outubro, esta quinta-feira, 25 de novembro, a partir das 21 horas, o formato vai ter uma emissão paga, no TVI Reality, por 3,99€ — exclusiva para utilizadores NOS e MEO. "Pensa que sabe quem são os aliados e os adversários na casa do 'Big Brother'? Esta emissão especial vai pôr em causa amizades, revelar mentiras e expor o que os concorrentes mais querem esconder", lê-se na informação do canal sobre o conteúdo exclusivo.

Durante o diário da tarde desta quinta-feira, 25 de novembro, um dos nomeados vai ser salvo por Cláudio Ramos. Ana Barbosa, António Bravo, Débora Neves, Rafael Teixeira, Ricardo Pereira e Rui Pinheiro são os concorrentes em risco de expulsão no próximo domingo, 28. Como já é habitual, a MAGG abriu uma sondagem para saber quem é que os leitores preferem eliminar do jogo.

Responda à sondagem aqui.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.