Bruno de Carvalho e Nuno Homem de Sá desentenderam-se ao longo da semana, mas a situação atingiu o pico quando, de acordo com o antigo presidente do Sporting, o ator partiu para as ameaças. Na gala deste domingo (23), foi precisamente Nuno o concorrente expulso. Após abandonar a casa, o colega fez novas revelações.

Foi em cadeira quente, no pós-gala, que Bruno de Carvalho esclareceu os colegas acerca do que se teria passado. Durante a gala, o concorrente admitiu estar sob o efeito de medicamentos. "Senti-me muito mal antes do programa começar e estou medicado", disse a Cristina Ferreira, antes de se recusar a dançar com os colegas, por, de acordo com o mesmo, não conseguir. 

"Big Brother Famosos". Após muitas trocas, são estes os concorrentes em risco de expulsão
"Big Brother Famosos". Após muitas trocas, são estes os concorrentes em risco de expulsão
Ver artigo

Terminada a emissão em direto na TVI, Bruno de Carvalho explicou que, durante a tarde de domingo, teria ocorrido uma discussão feia com o ator. "O que se passou hoje foi muito grave, aqui dentro desta casa, e será resolvido no sítio certo", afirmou.

"O Nuno chegou ao pé de mim e da Liliana e começou em ameaças", adiantou, dizendo que escolheu levar a situação para confessionário. "Eu disse ao Big que jamais faria absolutamente mais nada perto do Nuno porque já disse que resolverei o assunto no local certo", continuou.

Além disso, o empresário divulgou que lhe foi pedido, por estar a decorrer a gala, para "não dizer absolutamente nada". "Jamais iria correr o risco de darmos uma imagem absolutamente dantesca só porque o Nuno assim o desejava", esclareceu. "Foi grave demais tudo aquilo que aconteceu aqui hoje. Mais não direi", assegurou, afirmando que nem acredita no que se passou.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.