Durante o "Extra" do "Big Brother", de quarta-feira, 29 de setembro, Flávio Furtado criticou António Bravo pelas rimas sobre Lourenço e considera que o concorrente merecia uma "penalizaçãozita".

"Fazendo aquela brincadeira de 'Lourenço, Lourenço, ainda usa penso' foi uma coisa muito feia e acho que, se a Ana [Barbosa] levou um puxão de orelhas e foi humilhada da forma que foi, o António merecia ser chamado ao confessionário e merecia levar exatamente o mesmo banho de chá". 

O comentador recorda o quanto se tem falado em sororidade. "Devíamos inventar uma palavra para os homossexuais serem mais próximos e se protegerem mais uns aos outros e, sobretudo, não fazerem aos outros aquilo que não querem que lhes façam a eles". Flávio Furtado considera que, nos dias que correm, assumir a homossexualidade é "meio pacífico" e reconhece a coragem de se expor a transexualidade em televisão, para ajudar outras pessoas na mesma situação.

Momentos antes destes comentários, na casa, o Big Brother questionou os concorrentes sobre as suas atitudes dentro da casa — e eventuais arrependimentos — e foram debatidos temas como preconceito, bullying e privilégio. Sublinhando o "tom de brincadeira" utilizado, António mencionou as piadas sobre Lourenço, primeiro enquanto escreviam a letra para uma música e, posteriormente, com Bruno e o Ricardo.

"O Lourenço não estava mas também podia estar, porque ia fazer da mesma maneira, mas simplesmente porque eu acho que já se percebeu que tanto eu, como o Bruno e o Lourenço estamos tão confortáveis na nossa pele e a viver a nossa realidade que, para nós, isso não é uma piada depreciativa, nem pouco mais ou menos. Simplesmente, os três temos liberdade uns com os outros para o fazer e acabamos por nos rir."

O concorrente ressalvou estar consciente da sorte e privilégio que têm por se sentirem "confortáveis cada um na sua pele" e receberem o apoio das famílias e amigos, que os aceitam tal como são.

Bruno d'Almeida reforçou as palavras de António: "Acho que, dentro do espectro, somos privilegiados, sim. E ainda bem que os três brincamos uns com os outros e temos esse à vontade, quer dizer que estamos que estamos bem, estamos felizes no nosso corpo e connosco mesmos. Dói muito pensar que, às vezes, nem sempre é assim".

Na rede social Twitter, a maioria dos internautas menciona a gravidade da "piada transfóbica" de António e concorda com uma sanção. Sublinham que Bruno d'Almeida também participou na brincadeira, dizendo que Lourenço era "perneta".

No próximo domingo, 3 de outubro, há dupla expulsão e Joana Schreyer, Ana Morina, Aurora Sousa, Lourenço Barcelos e Rui Baptista, são os nomeados. Como já é habitual, a MAGG abriu uma sondagem para saber a opinião dos leitores.

Responda à sondagem aqui.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.