Que o "Big Brother" é um dos formatos mais populares em Portugal no que toca a reality shows, já sabíamos. Que tem sempre inúmeras inscrições, também. No ano passado, o "BB2020" contou com 15 mil inscritos,"Big Brother - A Revolução", que arrancou em setembro de 2020, teve 20 mil candidaturas, mas o recorde de inscrições para um reality show no País continua a ser detido pela segunda edição do "Big Brother", que se estreou em janeiro de 2001 e contou com 120 mil inscrições.

"Big Brother" vai ter nova casa e concorrentes vão "viver desafios radicais"
"Big Brother" vai ter nova casa e concorrentes vão "viver desafios radicais"
Ver artigo

Agora que uma nova edição já foi confirmada pela TVI, que deverá estrear-se em setembro, e as inscrições já foram abertas, o cenário de adesão parece repetir-se: em poucos dias, as candidaturas ultrapassaram as 5.700 (5.714 à data desta quinta-feira, 17 de junho).

Mas quem são as pessoas que se candidatam a um lugar naquela que é conhecida como "a casa mais famosa do País"? Perante as inscrições recolhidas até dia 17, é possível afirmar que, embora bastante divididos, os homens continuam a liderar as candidaturas, com 53% contra 47% de mulheres inscritas, de acordo com dados oficiais cedidos pela TVI.

Quanto a idades, a grande maioria dos inscritos tem entre 19 e 40 anos, embora a faixa etária que concorre mais a um lugar no famoso programa seja a dos 19-25 anos, que representa 44,1% das candidaturas, seguida de muito perto pelos 26-40, com 43,1%. Com percentagens irrisórias, surgem as faixas dos 41-65 anos, com 8%, e 0-18 (inclusive), com 5%

Apesar de ainda não se saber a data de estreia nem que apresentador irá conduzir o formato, a estação de Queluz de Baixo já revelou detalhes sobre a casa mais famosa do País e dinâmica do jogo. "Uma nova casa, construída de raiz, novas regras de jogo, provas e desafios que vão testar as capacidades e resiliência dos novos concorrentes, mas as novidades não ficam por aqui", avançou a TVI em comunicado.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.