Sandrina, finalista do "BB2020", revelou à MAGG que tem acompanhado a atual edição do reality show da TVI, mas sente que falta alegria e diversão na casa. A ex-concorrente contou ainda que quer entrar no "Big Brother - Duplo Impacto", com estreia marcada para 3 de janeiro, com a condição de poder dançar e ouvir muita música.

"Aceitaria entrar na nova edição, mas ainda não me contactaram sobre o assunto. Ia matar saudades do meu 'Big Brother', tenho muitas saudades. A casa precisa de mais diversão. Tem havido muitas confusões e discussões. Se entrar, quero dançar e tem de haver muita música", começou por dizer a ex-concorrente, de 22 anos, referindo-se à atual edição.

Devido à sua energia contagiante, Sandrina confessa que é muitas vezes abordada na rua. "Até me chamam de Sandrina turbinada, porque eu adoro a Ana Malhoa e, em especial, a música com esse nome. Ainda não a conheci pessoalmente, mas ela já me mandou uma mensagem de apoio", confidenciou à MAGG.

Relativamente à estadia na casa mais vigiada do País, a ex-concorrente diz que nem tudo foi fácil. "Nunca pensei estar três meses na casa sem o meu telemóvel. Mas cresci lá dentro e aprendi coisas que nunca pensei. É uma passagem muito gira". O mais difícil foi mesmo conciliar os horários. "Deitávamo-nos muito tarde. Eu sou uma pessoa que tem horários e que gosta de dormir bem, principalmente por causa do trabalho no meu salão", frisou.

Sandrina falou ainda sobre o facto de ser de etnia cigana, algo sobre o qual sempre falou com orgulhou. "No jogo, quis passar uma mensagem por ser de etnia cigana. Quando saí, senti que as pessoas me respeitavam mais. Mas digo sempre que somos iguais, temos direito ao estudo e à nossa vida. A minha família tem muito orgulho em mim", confessou a residente de Mourão, acrescentando que tem mantido o contacto com os colegas do "Big Brother". "Tenho falado com a Sónia, com a Iury... Agora, até tenho falado muito com o Diogo porque temos feito diretos para o Instagram. Gostava de voltar à casa com eles. Os meus colegas foram ótimos comigo", admitiu.

Até lá, e enquanto fica em aberto a possibilidade de fazer parte do grupo de concorrentes do "Big Brother - Duplo Impacto", Sandrina já tem as suas apostas para vencedor do "Big Brother - A Revolução". "Acho que vai ganhar o Renato, mas preferia que fosse a Zena. O Renato é um bom jogador, mas adoro a Zena e gostaria muito de a conhecer. Também queria estar com a Carina e a Liliana, são pessoas divertidas", afirmou.

Nova silhueta e negócio a correr bem

"Estou a adorar a minha nova forma física, já emagreci 15 quilos. Estou a controlar a minha alimentação e faço mais exercício. O meu peito está diferente e era um sonho que eu tinha", disse Sandrina, visivelmente orgulhosa. "Vai fazer três meses, e claro que é uma cirurgia que dói. Ainda assim, não tive grandes dores a não ser na barriga. Mas ainda não posso fazer muitos esforços", explicou.

Sandrina do "BB2020" mostra nova silhueta depois de tirar 1,2 quilos das mamas: "Já me consigo ver ao espelho"
Sandrina do "BB2020" mostra nova silhueta depois de tirar 1,2 quilos das mamas: "Já me consigo ver ao espelho"
Ver artigo

Sandrina fez uma redução mamária, na qual lhe foram removidos 1,2 quilos de massa corporal. Para além disso, ainda fez uma lipoaspiração e depois um retoque na parte abdominal e também no excesso de gordura nas costas. Desde então que a cabeleireira tem adotado um estilo de vida mais saudável.

"No salão, está tudo a correr bem. Tenho uma colega a trabalhar comigo e tenho tido muito trabalho. Com estas restrições da COVID-19, temos tido mais cuidado. Mas aqui em Moura não há muitos casos. Agora, já me habituei a usar máscara. Mas preferia estar na casa do 'Big Brother', para não ter de a usar (risos)", rematou Sandrina.

Veja aqui a ex-concorrente no seu salão.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.