O mundo regressa ao estilo de vida próximo do pré pandemia e, passados dois anos de isolamento quase total, a Austrália voltou a abrir as fronteiras esta segunda-feira, 21 de fevereiro. Celebrou-se nos aeroportos internacionais da Austrália, onde à pista chegaram 50 voos no primeiro dia de regresso dos turistas estrangeiros ao país, com exceção da Austrália Ocidental, cuja reabertura só vai acontecer depois de 3 de março.

Os cangurus — embora somente presentes nos fatos usados por artistas e animadores sociais — fizeram parte da calorosa receção no aeroporto em Sidney, assim como Djs, drag queens, pão barrado com vegemite (pasta salgada australiana), lágrimas e originalidade. Referimo-nos ao ministro do Comércio, Turismo e Indústria, Dan Tehan, que debaixo do fato usou uma T-shirt com as palavras “Welcome back” ("Bem-vindos de volta", em português).

Pronto para viajar como dantes? Da Dinamarca à Suécia, estes países já levantaram as restrições
Pronto para viajar como dantes? Da Dinamarca à Suécia, estes países já levantaram as restrições
Ver artigo

“Tem sido uma festa no aeroporto de Sydney. Ver a forma como as pessoas se uniram — os abraços, as lágrimas — tem sido maravilhoso. O futuro apresenta-se muito, muito risonho. Faremos tudo o que for possível para manter as fronteiras abertas”, disse Dan Tehan, citado pelo "The Guardian".

E antes que haja o risco de fechar, o melhor é aproveitar e marcar já uma viagem para a Austrália. No que diz respeito ao voo, o preço mais baixo para os próximos meses custa desde 882€ de 17 a 20 de março (segundo uma simulação na plataforma Google Flights), valor que está bem abaixo dos mais dos mil euros habituais.

Não hesite e salte como um canguru para o país que reabriu fronteiras e regresse com cinco experiências dentro bolsa para contar a quem não se aventurou.

1. Narrows Escape

Narrows Escape
Narrows Escape créditos: booking

Anteriormente falámos em experiências, mas explicamos o porquê de começar com um hotel: é mais do que isso, uma vez que diz respeito a um retiro de luxo imerso na floresta tropical de Montville, na região de Sunshine Coast Hinterland. O Narrows Escape foi considerado o "Hotel Mais Romântico do Mundo em 2021" pelo Tripadvisor e, a dois ou não, é possível desfrutar do romantismo dentro de uma das seis villas da unidade: ora numa massagem com óleos de aromaterapia, ora ao pequeno-almoço com vista para a floresta.

Outra forma de desfrutar da natureza deste lugar é através de uma caminhada pela grande rota de Queensland, mesmo à porta do Narrows Escape, que liga parques nacionais com mais de 300 espécies de pássaros, 70 espécies de répteis e mais de 30 espécies de sapos. Pelo caminho observe a famosa e lendária árvore Araucaria Bidwillii, na qual nascem sementes comestíveis semelhantes ao pinhão.

Uma noite no Narrows Escape custa desde cerca de 635,20€.

2. Safari

Injalak Hill
Injalak Hill créditos: venturenorth

No início do ano, especialistas em viagens diziam que em 2022 uma das tendências de viagens seriam os safaris. Pois bem, aqui estamos para ajudar a traçar os desejos dos viajantes com um safari pela Austrália. A Venture North tem uma série deles e nós optamos por destacar o que permite andar sobre rodas a descobrir a verdadeira essência do país.

A tour pela Terra de Arnhem e pela península de Cobourg, na costa norte, foi feita para seis pessoas e a ideia é levar o grupo por estradas de terra batida em direção à comunidade indígena de Gunbalanya, à arte rupestre indígena do centro de arte aborígene Injalak Arts, ao Parque Nacional Garig Gunak Barlu, às ruínas do Victoria Settlement e ao descanso nas tendas glamping do Cobourg Coastal Camp.

As saídas são feitas à terça-feira e sexta-feira e duram quatro dias. A tour fica em mais de 2.725€ por adulto (disponível de maio a outubro).

3. Cangurus do The Kangaroo Sanctuary

The Kangaroo Sanctuary
The Kangaroo Sanctuary créditos: instagram

Os cangurus são uma das figuras emblemáticas da Austrália — ainda que os coalas e os lamas também sejam encantadores e roubem algumas atenções —, mas assim que encontrámos o The Kangaroo Sanctuary não pensámos duas vezes e tivemos de inclui-lo neste guia de experiências do regresso à Austrália.

O santuário foi criado por Brolga com o objetivo de acolher os cangurus feridos ou demasiado domesticados, sem condições para regressar ao habitat natural, nesta espécie de "hospital" e cuidar deles até que estejam aptos para serem libertados na natureza. Enquanto isso não acontece, é possível apoiá-los através de doações, assim como visitá-los em visitas guiadas ao pôr do sol.

A visita custa desde 75€. Tours disponibilizados até ao final de maio.

4. Canberra Balloon Spectacular

Canberra Balloon Spectacular
Canberra Balloon Spectacular créditos: australia.com

Todos os anos, exceto os da pandemia, a Austrália tem um especial motivo de atração em março: o festival de balões de ar quente  Canberra Balloon Spectacular. Com a reabertura de fronteiras, o festival vai também abrir os céus aos mais de 25 balões divertidos que durante sete dias sobem todas as manhãs pelas 6h15,

O evento em si é gratuito (ainda não se paga só para ver), mas quem quer subir e desfrutar de um pequeno-almoço em altitude, acompanhado do ar aquecido pelo fogo que faz subir o balão, tem de comprar o bilhete previamente. A programação será anunciada no site que organiza o evento, o Enlighten Festival, a decorrer entre 12 e 20 de março.

5. Cervejas artesanais e microcervejarias

Cervejas artesanais e microcervejarias
Cervejas artesanais e microcervejarias créditos: airbnb

A empresa familiar Coopers Brewery produz as mais conhecidas cervejas australianas, mas esta experiência que propomos tem um outro tipo: artesanais. Cervejas frescas era tudo o que faltava para terminar este guia e falamos no plural porque a proposta da anfitriã Kellie é passar por um total de três microcervejarias e bares em Melbourne dedicados à arte da cerveja artesanal.

Em cada um vai perceber como são feitas e, obviamente, a que sabem, assim como quais os petiscos da gastronomia local que melhor combinam com uma IPA ou uma Pale Ale. Uma vez que está tudo incluído na experiência, o preço é um pouco mais alto do que se podia esperar. Contudo, diga lá se 54€ por pessoa não compensam pelas três horas de convívio bem regado (de conhecimento, claro)? A experiência é da plataforma Airbnb.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.