Depois de ter estado em Crans Montana, junto às belas montanhas Suíças que até no verão têm o seu encanto, a atriz Catarina Gouveia decidiu com apenas 48 horas de antecedência que ia para Itália com o marido, Pedro de Melo Guerra. Casados há quase um ano, o casal não podia ter uma personalidade mais parecida e uma vez que ambos gostam de planos imprevisíveis, juntaram a vontade de viajar e puseram-se ao caminho. Mas nem tudo correu bem.

"Quando dois sagitarianos se juntam, a imprevisibilidade acaba por surgir como a palavra de ordem dos dias. Compramos os bilhetes com 48 horas de antecedência. Ontem, reservamos um carro e hoje, aterramos sem as cartas! Os planos readaptam-se, mas as intenções da viagem mantêm-se", contou a atriz e influenciadora numa publicação de Instagram.

O plano era percorrer Milão em 24 horas e picar o ponto nos "imperdíveis (e previsíveis) registos da cidade", que foram vistos na mesma num só dia (apenas não de carro). Já no segundo dia de viagem, o casal seguiu para Turim, na sequência de mais um imprevisto.

O resort romântico no 'calcanhar' de Itália que esconde um segredo de Chiara Ferragni
O resort romântico no 'calcanhar' de Itália que esconde um segredo de Chiara Ferragni
Ver artigo

"Saímos do hotel, madrugadores como o habitual. Chegados à estação, vemos todos os comboios para o destino definido cancelados. Numa fusão de emoções, entre a frustração e a busca de serenidade, o Pedro atira a ideia: 'Vou-te mostrar uma cidade especial, a cidade onde fiz Erasmus!'", pode ler-se na publicação. O resultado foi uma visita rápida por pontos que valeu uma das fotografias mais românticas do feed de Catarina Gouveia.

Entretanto, Catarina Gouveia e Pedro de Melo Guerra já seguiram para outros pontos de Itália, com igual interesse e beleza desmedida.

Se quer fazer uma viagem como a de Catarina Gouveia, eis todos os locais por onde tem de passar. Caso reserve também com 48 de antecedência, o bilhete de ida a 9 e regresso a 12 de setembro custa desde 78€ pela companhia aérea TAP.

1. Milão

Milão, Itália
Milão, Itália créditos: instagram

A cidade da moda e também do design — já que de 5 a 10 de setembro decorre a Semana do Design de Milão —, foi a primeira paragem de Catarina Gouveia. O casal visitou os locais mais previsíveis, dado que não houve grande tempo para descobrir sítios secretos na cidade italiana.

A visita começou na Catedral de Milão (também conhecida como Duomo), com traços de arquitetura gótica ao longo dos 157 metros de comprimento e 11.700 metros quadrados que demoraram cinco séculos a construir. No topo, está a Madonnina, uma estátua de cobre dourado que é símbolo de Milão. A entrada custa a partir de 12,50€.

A melhor forma de admirar é a partir do La Rinascente Rooftop, até onde foi Catarina Gouveia para uma bebida após a visita à catedral. É um dos spots mais incríveis da cidade — que encontra também noutras cidades italianas, como Florença ou Palermo —, não só pela vista como pela oferta que vai desde as bebidas à comida do Obicà Mozzarela Bar.

Como o nome indica, não falta mozzarela na ementa, desde a de bufala (7€) à burrata de Puglia (7€). Também há pizzas (desde 9€) e um incontornável tiramisù (desde 4€). Nas bebidas, para algo italiano, há vinho branco Falanghina (9,50€ por copo).

Itália. Um roteiro pelo lado desconhecido do país que venceu o Euro 2020
Itália. Um roteiro pelo lado desconhecido do país que venceu o Euro 2020
Ver artigo

De seguida, a atriz passou pela Galleria Vittorio Emanuele II, uma galeria comercial desenhada no século XIX onde estão algumas das lojas mais famosas de Milão e também requintados restaurantes, entre os quais o histórico Café Biffi. A contrastar (e para dar opções para quem vai em viagem com um budget reduzido), no também denominado "O Salão de Milão" há um McDonald's, embora em tons dourados e pretos para estar em linha com o local onde se insere.

2. Turim

Turim
Turim créditos: instagram

A estação de Porta Nuova foi o local de partida para o segundo dia de Catarina e do marido em Itália. Daqui, partiram à descoberta da cidade "com uma arquitetura imponente de estilo barroco e grandes praças", escreveu Catarina. A atriz não detalhou os locais por onde passaram, mas deixamos algumas recomendações:

  • Praça Castello. A ampla praça fica entre dois dos monumentos mais importantes da cidade — o Palácio Madama (onde pode ver um memorial da Primeira Guerra Mundial) ou o Palácio Reale (cujos jardins podem ser visitados de forma gratuita) —, onde deve passar obrigatoriamente. A praça é o centro religioso e político de Turim e foi construída no século XVI.
  • Palácio Carignan. Mais um museu a visitar, desta vez para que não se vá embora de Itália sem conhecer a história do país. É contada no museu do Ressurgimento Italiano integrado no Palácio Carignan, onde também fica o salão que acolheu o primeiro parlamento italiano.
  • Museu Nacional do Cinema. Fica na Mole Antonelliana, símbolo de Turim, e vai poder acompanhar a história do cinema desde as primeiras câmaras até à saga Star Wars. Quem entra não sai sem antes subir no elevador panorâmico de paredes transparentes, que vai até à plataforma Mole, oferecendo uma vista 360º sobre a cidade. O bilhete custa desde 6€.
  • Para comer, a cozinha tradicional de Turim servida no Porto di Savona desde 1863 é o ideal. No menu há tentações italianas que não pode perder, como o tagliatelle caseiro com pesto, abobrinha e flores de abóbora (11€) e tiramisù (6€) ou semifrio de avelã, com fondue de chocolate amargo (6€) para terminar.

3. Lago de Como

Classic Boat, Angelina
Classic Boat, Angelina créditos: divulgação

É bem provável que a semana de Catarina Gouveia tenha começado muito melhor do que a de muitos de nós, que entrámos na habitual carruagem do metro bem cedo em vez de irmos visitar um lago de origem glacial. A atriz começou o dia junto ao Lago de Como, o terceiro maior da Itália, caracterizado como "um mundo dentro do mundo" pelo facto de ter uma natureza pura e vistas deslumbrantes para ver no percurso a pé, para admirar a partir de uma esplanada ou a bordo de um barco clássico, como os do Lake Como Boat, a partir de 180€.

É um dos locais que Catarina sempre sonhou conhecer, como partilhou nas histórias de Instagram, e que, tal como a atriz, pode ir apenas para passear uma horas ou ficar alojado num dos hostels, como o Lake Como Beach Hostel, com panquecas que quase parecem aquelas que Catarina Gouveia come ao pequeno-almoço.

4. Bellagio

Bellagio Express Train
Bellagio Express Train Bellagio Express Train créditos: instagram

Eram precisamente 16h16 quando Catarina Gouveia chegou a Bellagio, uma pequena cidade italiana no Lago de Como. A atriz sentou-se para comer umas bruschettas de tomate e seguiu depois para as ruelas da cidade da região da Lombardia. Se há cenário romântico para passear a dois é aqui, basta seguir o exemplo da atriz, que terá passado pelo centro medieval que se ramifica em ruelas com escadas semelhantes às da Baixa de Lisboa. Há mais pontos que pode apontar para uma próxima visita, como os jardins da Villa Melzi (entrada por 6,50€) e andar a bordo do Bellagio Express Train.

Guiada pelo amor pela cidade e pela companhia, a meio do percurso por Bellagio parou para um gelado de chocolate que fez as vezes dos habituais gelados saudáveis que faz com banana congelada. Pode comê-lo também na Gelateria Caffe Bar Sport, que fica do lado da igreja de San Giacomo.

5. Jantar no Villa d'Este (Cernobbio)

Villa d'Este
Villa d'Este créditos: instagram

Catarina Gouveia gostou tanto do Lago de Como que ficou da manhã à noite. Depois de um dia a passear pela cidade de Bellagio, o dia encerrou à mesa do icónico hotel de luxo Villa d'Este, no Lago de Como. O jantar aconteceu à luz das velas para dar destaque a outros pormenores de importância: a vista para o lago e a comida. Catarina Gouveia começou com uma burrata servida com tomate cherry e seguiu para uma massa de pesto acompanhada de música piano ao vivo, como o tema "Stand By Me", de Ben E. King, que apaixonou a atriz.

A noite terminou num dos quartos do hotel e começou no mesmo sítio, com vista para o lago e para a piscina e "a felicidade de um sonho concretizado", escreveu a atriz nas histórias de Instagram.

Uma noite no Villa d'Este custa desde 870€ para duas pessoas em setembro.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.