Sonhar com o Natal não diz apenas respeito aos presentes que caem no sapatinho. O ambiente que envolve a quadra assume também grandes espectativas todos os anos, razão pela qual a mesa tem sempre comida a mais e as decorações pela casa nunca parecem suficientes. Se lhe faltava inspiração para este ano ou sugestões para passar a quadra, pode tirar ideias nestas casas que quase chegam à perfeição no que toda ao espírito de Natal.

Para isso, não precisam de ter iluminações a cada parapeito de janela ou um boneco de neve em cada prateleira. A pedra xisto da casa em Coimbra que lhe vamos mostrar adianta metade do trabalho que terá para preparar a noite de 24 de dezembro e a lareira de outra casa mais moderna em Lisboa faz o resto, sem ter de fazer grandes deslocações.

Ainda não fez a árvore de Natal? Inspire-se nas decorações festivas dos famosos
Ainda não fez a árvore de Natal? Inspire-se nas decorações festivas dos famosos
Ver artigo

Já fora de Portugal, existe um chalé em França com vista para a montanha que, com sorte, está coberta de neve na altura da Consoada.

Seja em Portugal ou no estrangeiro, sítios para passar o Natal com uma família de poucos (para evitar riscos de transição do novo coronavírus), mas bons comilões não faltam. Ora veja.

1. Bungalow natureza, praia e rio, Braga

Mais precisamente na vila de Fão, no distrito de Braga, fica este bungalow moderno do Hotel Parque do Rio, inserido no Parque Natural Litoral Norte no pinhal de Ofir, Esposende. Apesar de os hóspedes terem acesso à piscina, nesta altura o que interessa mesmo é a lareira da sala, à volta da qual já pode imaginar a família a abrir os tão desejados presentes de Natal.

A decoração é quase inexistente, porque a casa é por si só um lugar de conforto natalício envolvido ao estar envolvido pelas árvores do pinhal de Ofir.

Já não há datas disponíveis para 24 ou 25 de dezembro, mas pode passar o Dia de Reis nesta casa. Uma noite para duas pessoas, em janeiro, custa a partir de 175€ (sem taxas incluídas).

2. Chalé em pedra de xisto, Coimbra

Entre montanhas que caracterizam o centro de Portugal, ficam 30 casas típicas em xisto na aldeia de Tarrastal, Coimbra. Apesar de a aldeia ter já séculos de história, o chalé está como novo, uma vez que foi restaurando para dar lugar a umas férias merecidas ou, neste caso, celebrações marcadas pelo ambiente rural.

A casa tem dois andares e no térreo fica a sala com lareira e espaço suficiente para juntar a família e lá em cima ficam os quartos, que até incluem uma tela para fazer uma sessão de cinema (já que ninguém passa um Natal sem ver o "Sozinho em Casa").

Uma noite para duas pessoas, em janeiro, custa a partir de 45€ (sem taxas incluídas).

3. Casa Mezzanine, Lisboa

Pode parecer impossível que esta casa fique em Portugal e ainda mais irreal o facto de ser Lisboa — a cidade que nunca vemos como um refúgio. Contudo, a Casa Mezzanine é o lugar ideal para se refugir sem ir para longe e sonhar com o Natal de forma moderna.

É que aqui não há xisto, apenas paredes brancas que tornam este lugar tranquilizador de dentro para fora, uma vez que além da lareira na sala e das estantes de livros que convidam a um momento de pausa, lá fora há um jardim para outros momentos atividade, seja ioga ou levar o garfo do pequeno-almoço à boca.

Uma noite para duas pessoas, em dezembro, custa a partir de 250€.

4. The Den, Reino Unido

Se há casa rústica e ao mesmo tempo moderna é esta. A madeira e a decoração dão o toque de conforto de um lugar que nos remete para um ambiente campestre e a estrutura da casa revela que este é um alojamento irreverente.

The Den, em Cumbria, Reino Unido, é uma espécie de cabine escandinava que não divide famílias: quarto, sala e cozinha ficam no mesmo espaço, sem paredes a marcar divisões. Além de tudo isto, há uma lareira que funciona como aquecimento dos hóspedes e da comida: é um BBQ para juntar a família à mesa.

Uma noite para duas pessoas, em dezembro, custa a partir de 72€.

5. Chalé La vôge, França

Esta podia bem ser uma casa no Polo Norte, mas fica mais para os lados do Grande Leste de França, na comuna de Cornimont. O chalé La vôge está rodeado pela natureza, mas o real contacto com esta acontece quando cair do esqui para cima da neve ao percorrer a estância Hautes Vosges, que fica bem perto da casa.

Já dentro do chalé, o frio dá lugar ao quentinho da lareira e da estrutura marcada pela madeira. Esta é uma sugestão mais simples, mas repleta de conforto para sonhar com um Natal tradicional: com frio e neve lá fora.

Uma noite para duas pessoas, em dezembro, custa a partir de 29€.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.