Provavelmente estará a pensar que Algarve não combina com "fugir da praia", mas a verdade é que nem todos gostam de sujar os pés com areia ou de passar o dia a apanhar sol. Além disso, este ano, a vontade de estarmos rodeados de pessoas e de não termos onde estender a nossa toalha é ainda menor.

Mas, ao contrário do que pode pensar, o Algarve oferece muito mais do que praias de água cristalina e passeios de barco.

O verão está prestes a terminar, mas ainda falta muito tempo para começarmos a pensar em tirar os casacos do armário. O calor ainda promete ficar e há sempre quem prefira aproveitar as férias de verão nos meses mais calmos. Do barlavento ao sotavento, há inúmeras coisas que este pequeno paraíso a sul do país lhe pode oferecer: cascatas de água cristalina onde se pode refrescar, parques aquáticos onde diversão e aventura não faltará, passeios de jipe pela serra, idas ao mercado ou visitas às zonas históricas. A MAGG sugere 10 coisas que pode fazer no Algarve fugindo da praia.

Pensão completa sem custos extra e um carpaccio de bacalhau incrível. Conheça as novidades do Epic Sana Algarve
Pensão completa sem custos extra e um carpaccio de bacalhau incrível. Conheça as novidades do Epic Sana Algarve
Ver artigo

1. Zoo de Lagos

Zoo de Lagos
créditos: marta_fsilva/Instagram

O programa ideal para passar uma tarde perto da natureza e da vida selvagem. A poucos minutos do centro de Lagos, encontra um espaço de lazer e, simultaneamente, educativo. O Zoo de Lagos está aberto há duas décadas e serve de casa a mais de 150 espécies — cerca de 1500 animais de cinco continentes. Este parque pretende aproximar ao máximo os animais dos humanos sendo que, sempre que permitido, não foram construídas barreiras entre as duas espécies. Aqui, pode viver a experiência única de alimentar os habitantes do zoo.

2. Piscina NoSoloÁgua

Nosoloagua
créditos: nosoloaguaportimao/Instagram

O que diz a um mergulho numa piscina de água salgada à beira-mar? O NoSoloÁgua, em Portimão, é o sítio indicado para os indecisos entre uma ida à praia ou à piscina. Aqui, não tem de se preocupar com as ondas nem com a areia que acaba sempre por levar para casa. É um espaço de lazer diferente e cheio de glamour onde o areal foi substituído  por confortáveis espreguiçadeiras. Entre os banho de água salgada e os de sol, pode ainda aproveitar para provar o melhor da gastronomia mediterrânica disponível no menu do restaurante.

3. Zoomarine

Zoomarine
créditos: zoomarine_algarve_oficial/Instagram

Os golfinhos são a atração principal, mas neste parque — que luta diariamente pela sobrevivência de várias espécies — pode ainda encontrar leões-marinhos, tartarugas, papagaios ou as temidas cobras. O parque aquático inspirado na vida marinha, situa-se na zona da Guia, em Albufeira, e abriu em 1991. O Zoomarine foi o primeiro delfinário português e o primeiro parque a criar um centro de reabilitação para animais aquáticos. Aqui, pode assistir ao espetáculo dos Golfinhos, dos Leões Marinhos, das Aves Tropicais e de Rapina ou ainda ver cinema 4D. Para um momento de pura diversão opte pelo espetáculo de acrobacias da "Baía dos Piratas". Se sempre sonhou nadar com golfinhos, este é o sítio indicado para o fazer.

4. Passeios de jipe pela Serra

Extremo Ambiente
créditos: extremoambiente/Instagram

Se acha que os safaris só fazem sentido na savana, está muito enganado. Quer uma tarde cheia de aventura? Arrisque nos passeios todo-o-terreno que a empresa turística Extremo Ambiente tem para lhe oferecer. As excursões de jipe pelas serras algarvias, do Caldeirão e de Monchique, prometem mostrar o melhor das vilas típicas do sul por onde o tempo não passou. Para além de viver um grande momento de aventura, fica a conhecer as tradições e todas lendas. Durante o passeio, pode ainda realizar provas dos produtos típicos da região: medronho, melosa, aguardente ou ainda os doces feitos com alimentos biológicos que crescem em abundância nas serras algarvias. Se quiser fugir à serra, opte pelo passeio de jeep pelas montanhas com vista para as grutas de Benagil. A Extremo Ambiente disponibiliza ainda buggys para quem preferir um passeio mais isolado, ideal para os tempos em que vivemos.

5. Queda do Vigário

Queda do Vigário
créditos: chooseyourroute/Instagram

Esta cascata de 24 metros é o local que não vai querer perder este verão. A Queda do Vigário fica em Alte, uma das freguesias pertencentes ao concelho de Loulé. Para lá chegar basta estacionar o carro perto do cemitério da zona e fazer uma descida de cerca de 300 metros. O espaço sofreu algumas alterações recentemente tornando-se ainda mais turístico. A água cristalina provém da ribeira de Alte, que nasce na Quinta do Freixo e se junta com a ribeira de Algibre, perto de Paderne, formando a ribeira de Quarteira. A queda do vigário promete ser o cenário perfeito para a fotografia ideal que vai querer postar no seu Instagram.

6. Piscinas Naturais de Alte

Piscinas de Alte
créditos: estevasdesportivas/Instagram

Se quiser continuar o roteiro de banhos pelas águas da Ribeira de Alte, visite as Fontes da Freguesia, mais conhecidas como "Piscinas Naturais de Alte". Aqui, encontrará a paz de espírito de que precisa para as suas férias de verão tranquilas. Estas piscinas, fazem parte de um dos pontos turísticos mais atraente da região, onde, tal como o nome indica, só a natureza dita a beleza do local. Cercadas por uma vasta zona verde onde pode desfrutar de uma tarde calma ou fazer um piquenique no parque de merendas. Durante séculos, as águas da ribeira alimentavam e serviam a aldeia e os campos mais próximos.

7. Mercado de Loulé

Mercado de Loulé
créditos: __algarve__/Instagram

Para os amantes de gastronomia típica, passear pelos mercados algarvios tem de fazer parte dos planos. No mercado de Loulé, para além de encontrar um edifício arquitectónico único, pode ainda comprar o peixe mais fresco e as iguarias exclusivas da ria formosa — que se estende do concelho de Loulé ao de Vila Real de Santo António. Para os mais gulosos, existem ainda diversas bancas com doces conventuais e compotas feitas artesanalmente com produtos da região.

 8. Ruínas romanas do Cerro da Vila

Ruinas do Cerro da Vila
créditos: adamstrozynski/Instagram

As ruínas romanas do Cerro da Vila ficam em Vilamoura. Provavelmente, já por aqui passou antes de entrar na marina ou no habitual caminho que, certamente, já percorreu até à praia da falésia. A verdade é que esta estação arqueológica consegue passar bem despercebida. Para os amantes de história e arqueologia, este é o programa de tarde perfeito para uma viagem de 5000 anos pela história da humanidade. Fique a conhecer uma típica vila marítima romana. Nesta viagem histórica, o foco são os artefactos arqueológicos romanos relacionados com a arquitetura, escultura e, sendo, muitas destas, peças únicas em Portugal. Este espaço histórico está aberto de terça a domingo, das 9h30 da manhã às 18 horas..

9. Cascata do Pego do Inferno

Cascata do Pego do Inferno
créditos: ig_algarve_/Instagram

A Cascata do Pego do Inferno tem três metros de altura e é a maior do conjunto de três cascatas da Ribeira da Asseca, em Tavira. É um excelente espaço para um piquenique ou para dar uns belos mergulhos. Em 2012, a Cascata do Pego do Inferno deixou de ser uma zona balnear depois de um incêndio ter destruído o local, bem como o passeio pedonal e a ponte que dava acesso às restantes infraestruturas. A natureza encarregou-se de a voltar a reerguer tornando este sítio ainda mais mágico. Contudo, a cascata nunca voltou a ser oficialmente aberta ao público visto que nada foi construído depois do incêndio — o que não impede que não se dirija até lá e possa desfrutar das águas refrescantes da lagoa. É um caminho para fazer à descoberta com a ajuda do Google Maps , isto porque as sinaléticas foram totalmente retiradas depois do incidente.

10. Praia Fluvial de Alcoutim

Praia Fluvial de Alcoutim
créditos: lupan59/Instagram

A Praia Fluvial do Pego do Fundo fica em Alcoutim, na ribeira de Cadavais, já próximo da foz com o rio Guadiana e é um dos pontos turísticos mais conhecidos da vila. A 500 metros do centro, aqui encontrará a alternativa perfeita a um dia de praia tradicional. Areia, água quente, um parque de merendas e ainda vigilância durante toda a época balnear — o sítio indicado para passar o dia em família ou para um convívio entre amigos. Perto de Mértola e da fronteira com Espanha, esta praia está também bastante próxima das unidades hoteleiras existentes.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.